Vivid. A nova fintech em forma de app chega a Portugal e permite comprar acções com um cêntimo

A Vivid chega a Portugal, depois de ter recebido um investimento de sessenta milhões de euros se Série B
©Vivid
©Vivid | PCGuia

A plataforma financeira Vivid (uma fintech, ou seja, uma empresa financeira de cariz tecnológico) acaba de entrar em Portugal com a promessa de não cobrar «comissões em acções norte-americanas e europeias».

Esta app, disponível para iOS e Android, será ainda a «primeira» a permitir «investimentos fraccionados» na bolsa através da funcionalidade Vivid Investment. Os investimentos em acções podem ser feitos a partir de 1 cêntimo, para permitir a compra fraccionada de activos.

Outro dos argumentos é a possibilidade de comprar criptomoedas, tal como acontece no Revolut, Coinbase e Binance. Neste campo, a Vivid promete cinquenta criptomoedas: «Bitcoin, Bitcoin Cash, Ethereum, Algorand, BAT, Cardano, Chainlink, EOS, Litecoin e NEM», são algumas das opções, segundo a fintech. Assim como nas outras aplicações, é possível «acompanhar os preços das moedas em tempo real».

A Vivid chega a Portugal, depois de ter recebido um investimento de sessenta milhões de euros se Série B. Actualmente, a empresa está avaliada em 360 milhões de euros e já tem «mais de cem mil clientes» em Alemanha, França, Espanha e Itália.

Exit mobile version