Rare Effect – Lisboa recebe um festival de criptoarte em Maio com uma exposição de NFT

O Rare Effect dá a oportunidade de visitar «pela primeira vez uma exposição física de NFT».
©Art Progression Now
©Art Progression Now

Os NFT (non-fungible tokens, tokens não-fungíveis) são uma das tendências do momento e todas as semanas surgem notícias de vendas astronómicas destes pedaços arte digital que “vivem” na blockchain.

Lisboa (na Arroz Estúdios, em Xabregas) prepara-se para recebee aquele que é o «primeiro festival físico» da Europa, o Rare Effect, que fica na capital durante dez dias, entre 12 e 22 de Maio.

A organização (o colectivo Art Progression Now) diz que este festival conta com a presença de artistas de todo o mundo, com o objectivo de fazer com que Lisboa se afirme como «um dos grandes centros de criptoarte».

O Rare Effect dá a oportunidade de visitar «pela primeira vez uma exposição física de NFT» e também online numa galeria de realidade aumentada «criada à semelhança do espaço físico» do festival.

Além da exposição, estão prometidas performances, workshops e música, assim como a presença de artistas nacionais como Miguel Rodrigues + Grandpa’s Lab e Violet b2b Photonz, entre outros sessenta nomes de Portugal e do resto do Mundo.