Grammy Awards 2020: Malware esconde-se atrás de músicas e artistas nomeados

Malware

Os hackers utilizam os nomes de artistas populares para espalhar malware, escondendo-o nos seus temas e videoclips. Para mostrar a extensão deste problema, os investigadores da Kaspersky fizeram uma análise aos nomes dos artistas e nomes de canções nomeadas para os Grammy Awards 2020 para encontrar malware.

Como resultado, a Kaspersky encontrou 30982 ficheiros maliciosos que utilizaram os nomes dos artistas ou das suas músicas para espalhar malware.

A análise aos artistas nomeados revelou que os nomes de Ariana Grande, Taylor Swift e Post Malone foram os mais utilizados, com mais de metade (55%) dos ficheiros maliciosos detectados.

O número de tentativas de download ou para executar ficheiros que contêm os nomes destas celebridades também cresceu de forma significativa para quase todos os artistas envolvidos nesta investigação.

A Kaspersky também analisou quais foram as músicas nomeadas em 2019 para os Grammys que mais receberam atenção por parte dos hackers. “Sunflower” de Post Malone, “Talk” de Khalid e “Old Town Road” de Lil Nas X, lideraram o pódio das canções com mais ataques de malware.

“Os hackers percebem o que é mais popular e estão sempre à procura de uma forma de capitalizá-lo. Contudo, como assistimos cada vez mais à subscrição de plataformas de streaming, que não requerem o download de um ficheiro para ouvir música, espera-se que a actividade maliciosa relacionada com este tipo de conteúdos vá diminuir”, comentou Anton Ivanov, analista de segurança da Kaspersky.