Start-up

PeekMed desenvolve solução em 3D para ajudar ortopedistas

A startup portuguesa criou um sistema de planeamento pré-cirúrgico 3D para ortopedia que ajuda os médicos a perceberem melhor os problemas dos pacientes e a encontrarem soluções.

A PeekMed é uma startup portuguesa criada em 2015 por João Pedro Ribeiro, Sara Silva e Jaime Campos para ajudar «médicos ortopedistas com menos experiência a conseguirem resultados similares a um médico com mais experiência», referiu à PC Guia o co-fundador e CEO, João Pedro Ribeiro.

O responsável revelou que a ideia nasceu da sua tese de mestrado em engenharia biomédica e que, nessa altura, «alguns médicos portugueses tinham partilhado o desafio no momento do planeamento das cirurgias». Isto levou a que se tivesse dedicado ao desenvolvimento do sistema PeekMed para «padronizar a cirurgia em ortopedia, ajudando a perceber o problema e dar possíveis soluções».

Sistema 3D

João Pedro Ribeiro explicou que «o sistema permite ao médico utilizar as imagens do paciente – radiografias, TAC e ressonâncias magnéticas – para fazer o processo de planeamento». Além disso, o PeekMed assegura que, quando é necessária a utilização de implantes protésicos, o cirurgião tem «uma base de dados de templates (representações digitais) das mais diversas empresas para testar qual o implante certo, o tamanho e a posição adequada».

A grande mais-valia é que «o ortopedista percebe o problema do paciente e formas possíveis para o resolver, tudo isto em 3D e de modo bastante simples e rápido».

Uma solução para o mundo

A PeekMed está sediada na Startup Braga, tendo a incubadora sido «particularmente importante no início da empresa» já que proporcionou «contacto com mercados internacionais». O CEO esclareceu que «a rede já criada permite que uma startup tenha logo exposição a stakeholders importantes para receber feedback, networking e investimento».

A solução está presente «um pouco por todo o mundo». No entanto, o responsável disse que os mercados em que têm maior presença são «Portugal, França, Suíça, Alemanha, Brasil, Malásia e EUA». A solução da startup conseguiu recentemente a aprovação da Food and Drug Administration, a entidade norte-americana que regula a área da saúde. O responsável salientou a relevância deste facto: «O mercado norte-americano é um dos mais importantes para nós. Sendo o sistema PeekMed um dispositivo médico, não nos era possível comercializar sem a aprovação do FDA. Por este motivo, era imperativo conseguir a aprovação».

Já em relação ao futuro, João Pedro Ribeiro, é muito claro sobre o objectivo: «Queremos chegar a todos os cirurgiões ortopedistas e estamos a trabalhar para o fazer».

 

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×