Hackathon Shift APPens regressa ao formato presencial com 48 horas para criar uma aplicação

Além da competição de 48 horas, o programa do Shift APPens 2022 inclui ainda talks, workshops, competições organizadas pelas empresas patrocinadoras do evento e torneios.

©True Agency
©True Agency

É mais um evento de tecnologia que está de volta a um formato presencial depois de ter sido relegado para o online devido à pandemia de COVID-19. O hackathon Shift APPens 2022 acontece em Abril, dias 8, 9 e 10, no Pavilhão Dr. Mário Mexia, em Coimbra.

Organizado há oito anos pelo Núcleo de Estudantes de Informática da Associação Académica de Coimbra (NEI/AAC) em parceria com a jeKnowledge (júnior empresa da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra), o Shift APPens mantém o conceito: um desafio de 48 horas para desenvolver uma app.

Os participantes devem organizar-se numa equipa com dois a quatro elementos que tem de idealizar um projecto que responda ao desafio da organização; depois, um júri elege o vencedor. Em 2021, o primeiro lugar foi para a OmniSleep, uma app de saúde mental que usa as chamadas ‘soundscapes’, paisagens sonoras realistas geradas por algoritmos criativos, para criar um mood relaxante.

Além da competição de 48 horas, o programa do Shift APPens 2022 inclui ainda «talks, workshops, competições organizadas pelas empresas patrocinadoras do evento e torneios», entre outras actividades.

Os registos para esta edição já podem ser feitos no site do evento; participar neste hackathon custa cinco euros.