Razer estreia-se nos componentes para PC e começa a vender a máscara Zephyr (que já esgotou)

Quem quiser comprar a Zephyr vai ter de ficar em lista de espera.
©Razer

O evento que serve para a Razer anunciar as suas novidades anuais, o RazerCon, confirmou a entrada da marca no universo dos componentes para computador e oficializou a máscara Zephyr como um produto comercial.

Com um PVP de 109,99 euros, a Razer Zephyr foi anunciada na edição deste ano da CES e foi um dos produtos que mais chamou a atenção durante esta feira de tecnologia dos EUA.

Esta máscara, com RGB, filtros N95 e duas ventoinhas para facilitar a circulação de ar, esgotou em poucas horas. Neste momento, o site da Razer permite apenas o preenchimento de um formulário em formato de ‘lista de espera’ – assim que a Zephyr voltar a ficar disponível, os interessados recebem uma notificação.

©Razer
©Razer | O sistema de watercooling Hanbo chega em Novembro e ainda não tem preço.

A outra grande novidade da Razer é a entrada no segmento dos componentes para PC, com quatro novos produtos: as ventoinhas Kunai (com RGB e 120 ou 140 mm), o sistema de watercooling Hanbo (numa parceria com a Asetek), as fontes de alimentação Katana (modelos de 750, 1200 e 1600 W) e um controlador de ventoinhas, que não recebe qualquer nome específico.

De resto, a Razer anunciou mais três lançamentos de produto: três novas versões dos auscultadores Kraken, os V3, V3 Hypersense e V3 Pro (preços a partir dos 109,99 euros); e as cadeiras de gaming Enki (329,99 euros) e os computadores Razer Book em Rosa Quartzo já com Windows 11 (a partir de 1099,99 euros).