Nvidia vai introduzir limitações de mineração em todos os GPU

A RTX 3060 irá receber uma nova revisão do seu GPU, para anular os efeitos dos drivers 470.05, que eliminam a limitação de hashrate.

Segundo o portal HKEPC, a Nvidia descontinuou o GPU utilizado na actual GeForce RTX 3060 de 12GB, o GA106-300, substituindo-o pelo novo GA106-302. Esta alteração deve-se apenas a evitar o erro cometido com o lançamento dos drivers 470.05, que eliminam a limitação criada para reduzir a capacidade de processamento na mineração (hashrate) de algumas criptomoedas, como o Ethereum.

Isto porque estes drivers, que são os únicos que permitem ultrapassar essa limitação, não irão reconhecer o novo GPU, obrigando o utilizador a usar os drivers mais recentes, impedindo-os de usar a GeForce RTX 3060, de forma rentável, para minerar criptomedas. As primeiras RTX 3060 com o novo GPU devem chegar aos mercados durante o mês de Maio.

Como se não bastasse, começam a surgir rumores que a Nvidia vai adoptar uma solução similar para outros modelos, ou seja, irá introduzir novas revisões dos GPU GA102 (RTX 3080 e 3090) e GA104 (RTX 3070 e 3060 Ti), para que estes passem a ter um limitador de hashrate, obrigando assim os utilizadores a terem que comprar as placas da série CMP HX, que estranhamente são mais caras que as tradicionais. Tudo em prol dos gamers…

Exit mobile version