Nvidia anuncia processador para acelerar mineração de criptomoeda

Mas, ao mesmo tempo, vai reduzir o desempenho da mineração com as RTX 3060 através de software.
nvidia-cmp-hx

A Nvidia apresentou uma nova série de produtos desenhados especificamente para a mineração de criptomoeda, principalmente de Ethererum. As CMP HX não podem ser consideradas placas gráficas, elas nem têm saídas de vídeo. Este novo hardware é semelhante ao da série Pascal 10X que estiveram disponíveis por alturas da última corrida à mineração de criptomoeda. Estas placas eram vendidas com garantia muito limitada e tinham um valor de revenda muito baixo devido a não terem drivers nem saídas de vídeo.

  30HX 40HX 50HX 90HX
Ethereum Hash Rate 26 MH/s 36 MH/s 45 MH/s 86 MH/s
Consumo energético máximo 125 W 185 W 250 W 320 W
Ligação de energia 1x 8-pinos 1x 8-pinos 2x 8-pinos 2x 8-pinos
Quantidade de memória RAM 6 GB 8 GB 10 GB 10 GB
Disponibilidade 1º trimestre 1º trimestre 2º trimestre 2º trimestre

A Nvidia anunciou que vão estar disponíveis quatro modelos da CMP HX, que oferecem uma taxa de hash de 25 MH/s a 125W até 86 MH/s a 320W. Estas placas terão até 10 GB de memória VRAM. Os primeiros modelos, com menos memória, começarão a ser vendidos no primeiro trimestre deste ano e as versões com 10 GB estarão disponíveis a partir do segundo trimestre.

A mineração de criptomoeda será limitada na RTX 3060 por software

A Nvidia também anunciou que a GeForce RTX 3060, que será apresentada em breve, terá um driver especialmente desenhado para ela, que detectará automaticamente a execução de algoritmos específicos de mineração de criptomoeda e limitará a taxa de hash em 50%, num esforço para limitar o apelo destas gráficas para quem se dedica à mineração de criptomoeda e assim evitar que esgotem rapidamente.

Não foi indicado se esta limitação se aplica apenas aos drivers para Windows ou a todos os sistemas operativos.

Pode encontrar mais informação acerca dos novos processadores da Nvidia aqui.