Quarta-feira, 30 de Setembro de 2020
Dicas

Está em teletrabalho? Devolo dá cinco dicas para fazer uma videoconferência profissional

Uma boa velocidade de Internet e um headset dedicado são alguns dos principais cuidados a ter.

©Devolo©Devolo

Com grande parte da população activa em teletrabalho, as videoconferências ganharam uma nova importância no nosso dia-a-dia, mas nem sempre tomamos atenção aos detalhes que podem fazer a diferença.

A escolha do software mais indicado para fazer uma videoconferência, ter um bom headset ou uma boa velocidade de internet são alguns dos pontos-chave para termos um recurso mais profissional. Estas são as cinco dicas da Devolo para chegar a este nível.

1 – Escolha a ferramenta de videoconferência certa
«É essencial que tenha em conta as funcionalidades de cada uma», diz a Devolo. Todos estamos familiarizados com o Skype, mas este é usado principalmente para propósitos não-profissionais.

A Microsoft expandiu os seus sistemas de videoconferência com um serviço de VoIP chamado Teams. O Tinychat e o Whereby também oferecem a opção de realizar facilmente uma videoconferência. Estas soluções geram um link para a conferência que pode ser enviado aos participantes.

2 – É tudo uma questão de preparação
Embora a sua reunião de trabalho esteja a decorrer online, a sua aparência continua a ter muita importância. Deve escolher o mesmo tipo de vestuário que usaria numa reunião em pessoa. Evite joalharia brilhante, uma vez que esta pode causar reflexos.

Quando estiver numa videoconferência de trabalho, deve estar numa divisão bem iluminada e agradável. Os participantes devem também certificar-se que o vídeo não mostra pessoas a andar pelo quarto ou outras situações caóticas a decorrer em segundo plano. «Em alternativa, ferramentas de conferência como o Teams e o Skype oferecem uma função de “foco suave”, que torna o fundo difuso», lembra a Devolo.

3 – Verifique a sua tecnologia de áudio e vídeo
Além da câmara, que já vem, por defeito na maioria dos portáteis,
vai querer adicionar um headset ao seu sistema para «evitar ecos e efeitos de feedback de áudio», avisa a Devolo. Também deve testar a função e qualidade dos dispositivos de áudio e vídeo antes da reunião começar para evitar surpresas desagradáveis durante a chamada.

4 – Verifique a sua velocidade de Internet
Para evitar problemas durante a videoconferência, deve fazer um teste de velocidade da Internet no seu escritório doméstico antecipadamente para verificar se a ligação é rápida o suficiente para uma reunião virtual.

Segundo a Devolo, a velocidade recomendada para transmissão de vídeo de alta qualidade é de «500 kbps de download e upload». No caso de querer criar uma chamada de grupo com sete ou mais pessoas, a velocidade recomendada «sobe para 4000 kbps».

5 – Internet rápida enquanto trabalha em casa
Qual é o benefício de ter uma ligação rápida à Internet se o router estiver demasiado longe do seu escritório doméstico? É aqui que entram os adaptadores powerline com funcionalidade Wi-Fi.

Estes usam a rede eléctrica existente para transmitir dados e trazer Internet rápida a qualquer tomada da sua casa. As vantagens: o sinal Wi-Fi já não é bloqueado por paredes ou tectos. Qualquer tomada pode tornar-se um fiável acesso Wi-Fi. «Os dispositivos Powerline oferecem também pelo menos uma porta LAN, permitindo ligar os portáteis e impressoras do escritório por cabo», conclui a Devolo.

PCGuia