Ataques de phishing e malware aumentam durante estreia de Star Wars: A Ascensão de Skywalker

O filme Star Wars: A Ascensão de Skywalker já está na mira dos hackers. Os investigadores da Kaspersky encontraram mais de 30 websites fraudulentos e perfis nas redes sociais disfarçados de páginas oficiais (o número real pode ser ainda maior), que supostamente distribuem cópias gratuitas do mais recente filme da saga.

Estes websites aproveitam-se dos utilizadores mais ingénuos para roubarem informações pessoais, como o número do cartão de crédito, com o pretexto de que é necessário registarem-se nos portais.

Os domínios dos websites utilizados para recolher dados e difundir ficheiros de malware copiam geralmente o nome oficial do filme, incluem descrições completas e conteúdo adicional, levando os utilizadores a acreditar que a página tem algum tipo de relação com o filme original.

Esta prática, conhecida por “Black SEO”, permite aos hackers colocar websites de phishing nas primeiras posições dos motores de busca. Estes resultados costumam surgir em termos de pesquisa como “nome do filme ver grátis”.

Para impulsionar a divulgação de websites fraudulentos, os hackers criam também contas nas redes sociais, onde partilham links para os conteúdos. Até ao momento, já foram afectados mais de 83 utilizadores através de 65 ficheiros maliciosos disfarçados de cópias do último filme da saga Star Wars.

De forma a evitar ser mais uma vítima de ficheiros maliciosos, a Kaspersky recomenda prestar atenção às datas oficiais de estreia dos filmes no cinema, plataformas de streaming ou outras fontes, não clicar em links suspeitos, como aqueles que prometem a visualização antecipada de um novo filme, e comprovar a autenticidade do website – páginas seguras são precedidas por “https”.

Além disso, confirmar que o website é original através do URL, ortografia do nome da empresa, comentários de outros utilizadores e verificando os dados de registo dos domínios.

Exit mobile version