NotíciasSoftware

Microsoft acaba com o Flash em todos os browsers até ao fim de 2020

A Microsoft clarificou os termos em que vai terminar o suporte para Flash nos seus browsers

Morte do Flash

A Microsoft anunciou que tanto browser Edge já existente, como o novo Edge baseado em Chromium vão deixar de suportar o Adobe Flash até ao fim 2020.

A empresa já tinha anunciando anteriormente que o Flash iria desaparecer do Edge que já existe, mas agora veio clarificar que o novo browser, que será lançado numa futura actualização do Windows 10, também irá deixar de suportar conteúdos feitos nesta linguagem.

Assim, até ao fim do próximo ano o Flash deixará de ser suportado nos browsers Edge e Internet Explorer.

Segundo o blogue da Microsoft:

O suporte para Flash será inicialmente desligado por defeito. Os utilizadores que quiserem usá-lo terão de o ligar manualmente quando acedem a um site que contenha conteúdos deste tipo. A tecnologia Flash será removida completamente dos browsers até ao final de 2020. Estarão disponíveis políticas de grupo para administradores de sistema e outros profissionais de TI para alterar o comportamento do Flash antes da data em que será removido completamente.

Estes planos acompanham outros, já anunciados pela Microsoft, Google, Apple e Mozilla depois da Adobe ter feito saber que o Flash será descontinuado em 2020.

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×