NotíciasSoftware

Já pode experimentar o novo browser Edge da Microsoft baseado em Chromium

Microsoft deixa de ter um motor próprio para o browser Edge e muda-se de armas e bagagens para o campo da Google.

Edge-Chromium

A Microsoft começou a disponibilizar ontem uma versão de testes do seu novo browser Edge baseado no Chromium da Google. Nesta altura estão a ser disponibilizadas duas versões: Developer, que é actualizada semanalmente e a Canary, actualizada diariamente. Pode fazer o download de qualquer uma a partir do novo site Edge Insider. Estas versões são pensadas para programadores mas estão 100% funcionais e já podem ser utilizadas por quem não se importar de encontrar algum erro (ou crash) ocasional.

Nesta primeira versão de testes do novo Edge a Microsoft focou-se nas funcionalidades mais básicas, como a fiabilidade e suporte para as extensões e está à procura de feedback dos utilizadores para resolver quaisquer problemas que possam surgir.

Já o estamos a utilizar há algum tempo e podemos dizer que esta versão de testes funciona surpreendentemente bem para um primeira tentativa e até suporta praticamente todas a extensões do Chrome que costumamos utilizar. A Microsoft está a trabalhar num sistema de sincronização para os favoritos, histórico de navegação e extensões para o novo Edge 2.0.

Neste momento apenas é suportada a importação de favoritos, mas esta funcionalidade vai ser aperfeiçoada antes do novo Edge chegar à fase de testes beta.

A Microsoft não está sozinha no desenvolvimento do Edge baseado em Chromium, uma equipa de desenvolvimento da Google tem ajudado na optimização do projecto Chromium para que tanto o Chrome, como o novo Edge funcionem melhor no Windows. A Microsoft já fez mais de 150 modificações ao Chromium para implementar melhoramentos tanto no Chromim, como noEdge para os optimizar para Windows 10. Estas alterações incluem melhoramentos no sistema de acessibilidade, suporte para o scroll suave da s páginas, integração com o sistema de autenticação Windows Hello e suporte para o teclado virtual do Windows.

As versões que estão disponíveis agora só estão disponíveis em inglês e só funcionam na versão 64 bit do Windows 10, mas a Microsoft confirmou que irão ser disponibilizadas também versões para Windows 8, Windows 7 e macOS no futuro.

Se quiser experimentar o novo Edge não se esqueça que neste momento apenas estão disponíveis versões de teste e que quase de certeza que têm alguns problemas que podem não ser aparentes à primeira vista. Por isso não remova ainda o seu browser habitual.

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×