Instituto Politécnico de Setúbal reflecte sobre o futuro das cidades

Instituto Politécnico de Setúbal
Instituto Politécnico de Setúbal

“Que cidades para o futuro?” é a questão que o Instituto Politécnico de Setúbal (IPS) coloca a cerca de duas dezenas de especialistas em gestão sustentável dos espaços urbanos, num seminário agendado para o próximo dia 15 de Abril, no âmbito das comemorações do seu 40.º aniversário.

A iniciativa, que se desdobra em dois grandes temas – “Ecoeficiência e bem-estar” e “Sustentabilidade energética e inovação tecnológica” – tem abertura marcada para as 09h30, no Auditório 2 da Escola Superior de Tecnologia de Setúbal (ESTSetúbal/IPS), com intervenções do presidente do IPS, Pedro Dominguinhos, de Miguel Castro Neto, docente da Universidade Nova de Lisboa e especialista em smart cities, e de representantes das câmaras municipais de Setúbal e do Barreiro.

Segue-se, pelas 11h15, o primeiro painel de discussão, em torno da temática “Construção e inovação tecnológica”, com moderação de um representante do bastonário da Ordem dos Engenheiros e contribuições dos académicos Susana Lucas, da Escola Superior de Tecnologia do Barreiro do IPS, e Luís Guerreiro, do Instituto Superior Técnico (IST-UL), e de João Braga, da S.Energia – Agência Regional de Energia, entre outras.

A partir das 14h30, está aberto o debate em torno das questões da sustentabilidade energética e inovação tecnológica, dos pontos de vista do edificado e da mobilidade urbana, numa partilha de experiências e boas práticas moderada pelo presidente da Agência Nacional de Inovação (ANI), Eduardo Maldonado. Isabel Cabrita, da Direcção-Geral de Energia e Geologia (DGEG), Ana Estanqueiro, do Laboratório Nacional de Energia e Geologia, Luís Coelho, docente da ESTSetúbal/IPS, e Francisco Ferreira, presidente da Zero – Associação Sistema Terrestre Sustentável, são alguns dos intervenientes previstos.

Via: Instituto Politécnico de Setúbal (IPS).