Notícias

Tecnologia da NEC reconhece pessoas com base em imagens parciais

NEC CorporationNEC Corporation

A NEC Corporation anunciou o desenvolvimento de uma tecnologia de “Re-identificação de Pessoas” que é capaz de efectuar o reconhecimento de pessoas a partir de imagens em que as figuras estão parcialmente escondidas das câmaras, mesmo quando a imagem for tirada de lado.

Esta tecnologia analisa toda a aparência da imagem fotográfica de uma pessoa, como as suas roupas e o formato do corpo, para determinar se estas correspondem a outras imagens de pessoas.

Em muitos casos, a tecnologia de reconhecimento facial, por si só, pode não ser suficiente para identificar uma pessoa cujo rosto está parcialmente oculto. Tradicionalmente, quando uma pessoa é identificada utilizando a tecnologia de reconhecimento facial, a aparência dessa pessoa pode então ser recolhida a partir de imagens tiradas por múltiplas câmaras.

No entanto, quando há muitas pessoas e objectos numa área, como cadeiras e balcões, as pessoas que aparecem em imagens dessas áreas podem não ser totalmente visíveis, o que dificulta a sua identificação.

As potenciais aplicações da tecnologia da NEC incluem suporte à segurança de instalações de grande dimensão com muitas pessoas ou áreas visualmente bloqueadas, bem como assistência na busca por crianças perdidas.

“A NEC tem um grande portefólio de tecnologias de certificação biométrica de classe mundial que incluem reconhecimento facial e de impressões digitais”, disse Masayuki Mizuno, Director Geral dos Laboratórios de Investigação Biométrica da NEC Corporation.
“Estamos agora a expandir este portefólio em termos das nossas soluções Safer Cities, do nosso motor de IA para reconhecimento facial NeoFace, que apresenta a maior precisão reconhecimento a nível mundial, e do avançado analisador de vídeo”.

Via NEC Corporation.

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×