MobilidadeReviews

Acer Swift 3

Mantendo-se fiel ao que já conhecíamos das anteriores gerações, o novo Acer Swift 3 continua a oferecer um preço muito atraente para um equipamento que conta com uma construção em alumínio em diversas cores – o modelo que veio para testes era num original e discreto rosa.
A qualidade de construção é bastante boa, sendo-nos dada a impressão de estarmos perante um equipamento muito robusto, algo que dificilmente poderíamos recomendar há coisa de dez anos num equipamento Acer, nesta gama de preços.

Oecrã de 14 polegadas oferece uma imagem de elevada qualidade, graças ao recurso a um painel do tipo IPS de resolução FullHD 1080p. Só é pena o nível de brilho não ser superior, tornando-se mais complicada a sua utilização no exterior e em dias de Sol.

Trabalho e escola

Destinado a utilizadores que o queiram usar para viagens de trabalho ou levar para a escola, este Swift 3 revelou-se um bom “companheiro”, pois além do chassis robusto, temos dimensões compactas e um peso bastante aceitável de 1,5 kg.

O facto de o circuito de refrigeração ser bastante silencioso e eficaz contribuiu para uma utilização confortável, sem nunca terem sido registadas temperaturas fora do normal, mesmo em dias quentes.

O teclado de teclas isoladas e o touchpad oferecem também um tacto agradável e preciso, ideal para usos prolongados, como aproveitar uma viagem para terminar aquele relatório chato.Só não ficámos impressionados com a autonomia registada pela bateria, que rondou as quatro horas, ficando aquém das quase seis horas da versão que testámos em 2017.

Processamento elevado

Esta redução na autonomia poderá dever-se à exigência acrescida dos componentes de maior desempenho aqui instalados, como o processador Intel Core i7-8550U de última geração que, embora funcione na sua grande maioria a 1,8 GHz para poupar bateria, pode atingir os 4,0 GHz através do modo Turbo, nas ocasiões em que seja exigido maior desempenho ao sistema. Igualmente presente esteve uma placa gráfica dedicada da Nvidia, a GeForce MX 150 com 2 GB de memória dedicada.

Não se trata de uma placa gráfica criada para jogar como uma GTX 1050, mas oferece um desempenho gráfico significativamente superior às controladoras integradas que a Intel continua a usar nos seus processadores. Os resultados nos testes demonstram bem o incremento de desempenho significativo face a modelos com a gráficas integradas como a Intel UHD Graphics 620.

O resto do sistema conta ainda com 8GB de memória DDR4 soldada na motherboard (sem hipótese de expansão) e uma unidade de armazenamento SSD PCIe de 256 GB.

Ponto final

A utilização do novo processador da Intel e placa gráfica Nvidia dedicada garantem ao Swift3 um desempenho que não esperávamos encontrar num equipamento com estas características e nível de preço. Só é pena o impacto que estes componentes tiveram na autonomia da bateria, que registou valores aquém do esperado.

+ Qualidade de construção
+ Desempenho
– Autonomia

Medições: 3,6
Experiência: 2
Preço: 2,4
Nota final: 8

Distribuidor: Acer
Site: acer.pt
Preço:€999

Benchmarks

PCMark10 PCMark10Extended PCMark8 Battery 3DMarkCloudgate
3804 3354 232 minutos 12 698

Características Técnicas
Processador: Intel Core i7-8550H a 1,8 GHz (4,0 GHz em Turbo Boost)
Memória: 8 GB DDR4
Armazenamento: 256GB SSDPCIe
Placa Gráfica: Nvidia GeForce MX 150 2GB
Ecrã: 14 polegadas IPS (1920 x 1080)
Ligações: 2x USB 3.1, USB 2.0, USB3.1 Type-C, HDMI,SD, jackde 3,5 mm
Dimensões: 323x 228×18,7mm
Peso: 1,54Kg

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×