AnálisesJogos

Farming Simulator 19

Farming Simulator 19 é, de momento, o videojogo físico mais vendido na região de EMEA (Europa, África e Médio Oriente), sendo apenas ultrapassado por FIFA 19, Spider-Man e Battlefield V, quando acumuladas as vendas online. Qual é o segredo para este sucesso? Uma fórmula que se mantém constante desde o lançamento da primeira versão em 2008, mas que tem sabido evoluir ao longo dos anos, com lançamentos grandes de dois em dois anos para PC e para as principais consolas, sem esquecer as versões para dispositivos móveis.

Caso nunca tenha experimentado Farming Simulator 19, o jogo permite-lhe gerir uma quinta, criar plantações de frutos e cereais, plantar e cortar árvores para vender a madeira, bem como criar animais.

Não tem propriamente uma histórica cativante como GTA V, ou o grafismo realista de Battlefield V, mas Farming Simulator 19 é o jogo perfeito para qualquer entusiasta de simuladores, como eu, embora continuem a existir algumas falhas que poderiam tornar o jogo ainda mais cativante, como as alterações climatéricas que, certamente, teriam influência na qualidade das nossas colheiras. Talvez daqui a dois anos.

Maquinaria pesada

Uma das razões que contribuem para o sucesso deste título prende-se com o cuidado na recriação de elementos utilizados na vida real, como as marcas de tractores disponíveis, a que se juntam a Komatsu e a John Deere para esta edição 19, sendo este último o maior fabricante mundial de veículos agrícolas.

Além dos tractores, encontrará camiões para transportar colheiras, empilhadoras, automóveis para poder percorrer os gigantescos mapas de forma mais rápida, entre outros veículos, tudo isto sem esquecer toda a maquinaria necessária para as colheiras de plantações específicas, de inúmeros fabricantes como New Holland, STIHL, Lizard, Massey Ferguson, Horsch, Einböck e muitos outros.

Toda aacçãode jogo decorre em dois cenários específicos: Felsbrunn, uma típica vila Alemã, e Ravenport, uma região costeira dos EUA, sendo esta última a ideal para conhecer as mecânicas de jogo. Igualmente nova é a possibilidade de podermos criar animais, como galinhas e cavalos, juntando-se aos porcos, vacas e ovelhas que já estavam disponíveis na edição anterior.

Modos de Jogo

Em ‘Single Player’ temos à disposição três modos de jogo de carreira: ‘New-Farmer’ (novo agricultor), ‘Farm-Manager’ (gestor de quinta) e ‘Start from Scratch’ (começar do zero). O primeiro modo permite iniciar o jogo com um orçamento confortável, uma quinta, quatro campos cultiváveis (dois em Ravenport e dois em Felsbrunn), bem como, sementes, veículos e ferramentas necessários.

No modo intermédio fica com muito dinheiro, mas vai ter de adquirir as terras e comprar todo o equipamento necessário para ter sucesso. Já no último modo, começa do zero com um orçamento limitado e uma economia muito irregular. Isto vai fazer com que as colheitas que tenha acabado de plantar possam valer bastante menos na altura em que forem recolhidas.De resto, embora tenhamos usado a versão para XboxOne, incluindo com teclado e rato, a versão para PC é significativamente melhor, não só graficamente, como nos tempos de carregamento do jogo.

Ponto final

Farming Simulador 19 não é um jogo recomendado para todos,não só pela temática pouco apaixonante, como pela jogabilidade repetitiva. Contudo,para os fãs do género, é dos melhores e mais complexos simuladores actualmente no mercado.

+ Recriação de detalhada
+ Mecânica de jogo
– Jogabilidade algo repetitiva

Gráficos: 8
Som: 9
Jogabilidade: 8
Longevidade: 9
Nota final:8,5

Editora: Giants Software
Distribuidora: Ecoplay
Site: farming-simulator.com
Plataformas: PS4, Xbox One, PC
Versão testada: Xbox One
Preço: €49,99

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×