Plataforma BITalino vence prémio de inovação tecnológica da Comissão Europeia

BITalino-New

A plataforma BITalino – desenvolvida pelo Instituto de Telecomunicações e licenciada pela PLUX – venceu o primeiro lugar na categoria “Industrial & Enabling Tech”, no Innovation Radar Prize 2017, uma iniciativa promovida pela Comissão Europeia. A cerimónia de entrega do prémio decorreu em Budapeste, Hungria.

A tecnologia, concebida em 2013 no grupo Pattern and Image Analysis do Instituto de Telecomunicações de Lisboa, assume-se como um «dispositivo modular low-cost que permite a integração de diferentes sensores para a medição de biossinais – parâmetros fisiológicos como, por exemplo, o batimento cardíaco ou dilatação das pupilas».

Para o investigador Hugo Silva, responsável pelo projecto, a distinção é «um reforço e uma recompensa do trabalho realizado até agora».

Para a edição de 2017 do Innovation Radar Prize, a Comissão Europeia nomeou 48 projectos, dos quais 20 passaram à final como resultado de uma votação pública que juntou 62500 votos. Posteriormente, os finalistas foram seleccionados por um painel internacional de quatro júris.

Via Instituto de Telecomunicações, PLUX.