Play – Player Unknown Battlegrounds

A premissa do jogo Player Unknow Battlegrounds, também conhecido como PUBG, é simples:até cem jogadores são largados de para-quedas, de um avião, numa ilha. Depois de aterrar, temos de procurar todos os tipos de armase armaduras para nos defendermos. O último a ficar vivo, ganha.

Mas a coisa não é assim tão fácil, se está a pensar que se pode esconder até passar a acção e matar o jogador que sobrar, não o vai conseguir, isto porque a área de jogos e vai reduzindo aos poucos para evitar isso mesmo. Se alguma vez ficar fora da área morre de imediato. E isso não vai acontecer por falta de aviso, porque PUGB, de tempos a tempos, diz-lhe que a zona útil de jogo se vai reduzir.

As melhores armas estão nos sítios mais “civilizados” como as cidades ou as bases militares, mas também é aqui que vai ter mais hipóteses de ter uma morte prematura.

Sim, há equipas, mas em PUBG, as alianças são tão sólidas quanto a sua utilidade, assim um pouco como no Game of Thrones; inevitavelmente, temos de trair os nossos companheiros para tentar ser o último sobrevivente. Aqui, PUBG transforma-se num jogo de estratégia: «É melhor matar já este tipo? Ou espero que ele avie mais dois ou três, antes?»

Player Unknown Battlegrounds para PC esteve em early access na loja Steam durante meses e só recentemente é que ganhou uma versão definitiva, mais ou menos pela altura em que saiu para XboxOne a outra plataforma em que está disponível. Apesar de ser uma versão “final”, o jogo está em constante desenvolvimento, quanto mais não seja para resolver os problemas que os jogadores vão encontrando à medida que joguem.

PUBG usa Unreal Engine como motor de jogo e pode dizer-se que, apesar de os gráficos não serem espectaculares, são muito bons. Por exemplo a distância de visualização é tão grande que se consegue dar com um desgraçado a correr a qualquer coisa como trezentos metros e, com um pouco de sorte (ou, talvez, técnica),acertar-lhe em cheio na cabeça.

Se está à espera de receber uma recompensa por ficar em segundo como noutros FPS multiplayer, desengane-se, como dizia Duncan McLeod da série Os Imortais: «There can be only one!»

Morrer em PUBG quer dizer que vai ter de esperar que a partida acabe para voltar a jogar. Mas, apesar da frustração, PUBG é um daqueles jogos que dá quase tanto gozo ver de fora como participar. Por isso, se morreu, vá buscar umas pipocas e entretenha-se a aprender algumas técnicas com os jogadores que ainda estejam vivos.

Ponto final

PUBG é um jogo que reúne muitas ideias de outros que vieram antes mas está muito bem pensado, os gráficos são bons e acima de tudo é muito divertido jogar! Agora, onde é que está aquela AK?

+ Divertido
+ Original
– Alguns bugs inesperados

Gráficos: 8
Som: 8
Jogabilidade: 9
Longevidade: 9
Nota final: 8,5

Distribuidor: Microsoft, Steam
site: playbattlegorunds.com
Disponível para: XboxOne, PC Windows
Versão testada: PC