Do ninho de cobras que é a Razer, salta (ou desliza) ...