Resultados do último trimestre vão obrigar Nvidia a baixar preços

Com receitas preliminares 21% abaixo do esperado, a Nvidia prepara-se para baixar o preço a todos os produtos do segmento de gaming.

RTX3080

Prestes a realizar a apresentação de resultados do segundo trimestre de 2022 (Q2 do ano fiscal 2023), a Nvidia revelou em antemão os resultados financeiros preliminares, como forma de avisar os investidores que os resultados oficiais vão ser piores que o esperado. Inicialmente a Nvidia previa uma receita de 8.1 mil milhões de dólares, mas segundo os dados apresentados, esse valor reduziu para os 6.7 mil milhões. Isto corresponde a um desvio de 21%, que poderá resultados desastrosos em valorização na bolsa.

Segundo os números avançados pela Nvidia, esta queda foi essencialmente atribuída à diminuição significativa das receitas provenientes do segmento de gaming, no qual se encontram as famílias de placas gráficas GeForce GTX e RTX, que deixaram de ter a procura registada durante a pandemia. Em valores anuais, a maior queda continua a ser o segmento OEM, que corresponde a equipamentos como os destinados à mineração de criptomoedas.

Segundo declarações de Jensen Huang, CEO da Nvidia, “a venda de produtos do segmento de gaming foi caindo significativamente à medida que o trimestre foi passando“, e que “uma vez que as condições macroeconómicas que prejudicaram os nossos resultados se devam manter, já accionámos medidas para reduzir preços no canal, e inventários“.

Estas medidas já estão a ter efeitos nos EUA, com a EVGA a reduzir drasticamente o preço da GeForce RTX 3090 Ti, chegando a descontos de mil dólares nos modelos FTW3, dos anteriores 2199 dólares para 1199 dólares, quase 800 dólares abaixo do PVP recomendado pela Nvidia. Infelizmente esse desconto ainda não está disponível no mercado europeu.