União Europeia torna ligação USB-C obrigatória em todos os dispositivos electrónicos portáteis

Através da implementação de uma ligação universal em todos os dispositivos electrónicos, a União Europeia pretende reduzir 11 mil toneladas de lixo electrónico, proveniente de carregadores que já não são utilizados.

Guillaume Périgois/Unsplash

Tal como se suspeitava, a União Europeia tornou obrigatória a utilização de uma ligação universal, neste caso em concreto a interface USB-C, para todos os equipamentos electrónicos portáteis de pequenas e médias dimensões, ou seja, telefones, smartphones, tablets e auscultadores que sejam vendidos em países europeus, já a partir de 2024.

Existe ainda uma lista de dispositivos adicionais, num total de 20, no qual se encontram dispositivos como leitores de livros digitais (e-book), consolas de jogos portáteis e câmaras, que também serão obrigados a terem que adoptar esta medida. Já os computadores portáteis terão que uma margem maior de adopção desta medida, para um valor máximo de 40 meses (pouco mais de três anos).

USB-C-New

A aprovação desta lei permite reduzir o desperdício causado pela criação e aplicação de diferentes tipos de carregadores, sempre que um utilizador adquiria um novo equipamento. Através desta lei, a União Europeia espera que os consumidores europeus possam poupar até 250 milhões de euros, por ano, na compra de novos carregadores, e reduzir o desperdício electrónico em 11 mil toneladas por ano em carregadores que deixam de ser utilizados.

Para alguns fabricantes, esta medida não acarreta qualquer mudança, já que praticamente todos os fabricantes de smartphones e tablets adoptaram a ligação USB-C, mas o mesmo não pode ser dito da Apple, que continua a utilizar como interface universal dos seus dispositivos móveis a ligação Lightning.

Suspeita-se que os novos iPhone 14, que deverão ser lançados em Outubro, ainda utilizem esta ligação, mas a geração seguinte já deverá implementar o USB-C como interface universal.