Emparelhar equipamentos ao Home Assistant

A quantidade de integrações possíveis no Home Assistant permite muita liberdade na escolha de equipamentos para diferentes realidades. Neste artigo vamos sugerir algumas marcas e ensinar a fazer o emparelhamento de iluminação, tomadas, switches e sensores, usando o add-on deCONZ.

Desde o primeiro artigo sobre casas inteligentes, estamos convencidos de que já têm o vosso Home Assistant a funcionar, seja ele por Proxmox, num Raspberry Pi ou de outra maneira. Agora, algumas perguntas válidas que se seguem são: ‘O que comprar?’, ‘Quais as melhores marcas para integrar no Home Assistant?’ ou ‘Como emparelhar os equipamentos?’.

Que marcas escolher?
Como já referimos aqui, uma configuração-base bem escolhida ajuda, e muito, na escolha dos equipamentos a integrar. Tudo foi preparado para escolher equipamentos que sejam compatíveis com o protocolo Zigbee, portanto, serão essas as opções que deve ter em conta. Isto não significa que não possa escolher um ou outro equipamento ligado por Wi-Fi, mas na sua maioria sugerimos Zigbee. Algumas das melhores marcas são Xiaomi, Sonoff, Tuya, Tradfri, Silvercrest e Blitzworlf. Entre estas, Tradfri e Silvercrest podem ser encontradas no Ikea e no Lidl, respetivamente, sendo os preços bastante competitivos. Dificilmente vai conseguir escolher apenas uma marca, porque nem todas têm ‘todos’ os acessórios. A iluminação para a sua casa poderá ser, por exemplo, da Tradfri, mas os sensores de movimento podem ser Xiaomi e as tomadas da Silvercrest. Aqui, a ideia é conseguir padronizar as marcas, de forma a ter os equipamentos o mais organizados possível, para que à medida que vai comprando mais, não se torne confuso. Não existem marcas melhores ou piores, tudo vai depender do seu orçamento e de gosto pessoal.

Emparelhamentos
Todos os emparelhamentos que fará no Home Assistant vão passar pelo deCONZ, porque é esta plataforma que vai ligar qualquer novo equipamento Zigbee ao recetor Conbee. Aconselhamos sempre a ler o manual de cada novo acessório, mas vamos ajudar no passo a passo com algumas luzes, tomadas e switches da Tradfri e sensores da Xiaomi Aqara.

Luzes Tradfri
No nosso caso, achamos uma boa sugestão as luzes da Tradfri, porque a nível de custo e integração com o Home Assistant, são um bom começo;

1 – Ligue a primeira luz no mesmo local geográfico onde tem o receptor Zigbee. É aconselhavel começar perto para, de forma gradual, criar uma rede mesh sustentável;

2 – Entre no deCONZ, seleccione ‘phoscon’ e siga as instruções. Depois vá a ‘Settings’ > ‘Gateway’ > ‘Advanced’. Seleccione ’10 min’ para o tempo de duração na procura da luz;

3 – No separador ‘Devices’, escolha ‘Lights’ e carregue em ‘Add new lights’;

4 – Durante o tempo de procura, ligue e desligue a luz seis vezes seguidas com repetições curtas de um segundo e termine com a luz ligada. Se a luz não piscar, repita o mesmo processo as vezes que forem necessárias até que comece a piscar e seja detectada;

5 – Após a mesma ser identificada, altere o nome para que não só consiga identificar em que área da sua casa está, bem como quando começar a fazer automações;

6 – No painel principal pode criar grupos para uma melhor organização das suas luzes, carregando em ‘Add group’.

Sensores Xiaomi Aqara
Estes sensores tem uma qualidade estética e uma capacidade de integração muito boa com o Home Assistant. Foram usados os sensores de movimento de porta ou janela e de água. O que demorou mais tempo a ser identificado foi o de água; os outros levaram apenas segundos.

1 – No separador ‘Devices’, seleccione ‘Sensors’ e carregue em ‘Add new sensor’;

2 – Na nova janela, como não aparece Xiaomi como fornecedor, escolha ‘Other’;

3 – Carregue no botão do sensor até a luz azul aparecer e começar a piscar. Isso significa que está em modo de emparelhamento: aguarde até ser identificado. Se, após os três minutos, o sensor não for identificado, reinicie o seu Home Assistant e repita os passos.

Switches Tradfri
Estes são dispositivos que servem como botões para as luzes. Podem facilmente ‘substituir’ os interruptores que tem em casa, sem ser necessário tornar o seu interruptor inteligente. Para emparelhar um switch com uma luz específica, aproxime da luz a sensivelmente cinco centímetros de distância, carregue no botão que está junto da pilha e fique a pressionar até que a luz comece a piscar de forma mais rápida.

1 – No separador ‘Devices’, seleccione ‘Switches’ e carregue em ‘Add new switch’;

2 – Seleccione ‘IKEA’;

3 – Se for um switch simples de ligar/desligar, escolha ‘Tradfri Dimmer’; se for um switch com mais botões, escolha ‘Tradfri remote control’;

4 – Carregue quatro vezes seguidas no mesmo botão até aparecer uma luz vermelha.

Tomadas Tradfri
As tomadas inteligentes permitem que qualquer dispositivo possa ser desligado/ligado de forma automática ou através de um switch, assim como acontece com as luzes – as tomadas da Tradfri já vêm com um switch simples. Para emparelhar uma tomada com um switch, ligue-a na divisão que pretender, aproxime o switch a sensivelmente cinco centímetros de distancia, carregue no botão que está junto da pilha e mantenha pressionado durante dez segundos até que a luz branca acenda. Teste os botões.

Para emparelhar com o Home Assistant, terá de usar um clip, porque estes modelos não tem um botão visível para carregar e activar.

Conclusão
O que vai integrar no Home Assistant dependerá exclusivamente do seu objetivo e gosto pessoal. Apesar de usar marcas específicas neste artigo, porque foram as primeiras que comprei, qualquer outra marca além destas será, sem dúvida, uma opção válida, com os seus pontos positivos e negativos. Existem mesmo muitas possibilidades de configurar em detalhe o que cada equipamento fará nas várias áreas de sua casa, mas prepare-se: vai levar tempo, paciência e muita tentativa e erro, mas é uma das melhores soluções para centralizar tudo num único local.

Exit mobile version