Vodafone, NOS, Nowo e Meo podem ter de pagar mais de dezasseis milhões de euros por ano à RTP e ao ICA

Em causa está o pagamento de dois euros por semestre para financiar a produção audiovisual da RTP e do ICA.
©Nicolas J Leclercq
©Nicolas J Leclercq

O Orçamento de Estado 2022 tem prevista uma nova taxa audiovisual que propõe o pagamento de quatro euros por ano (dois euros por semestre) por subscritor.

Se a nova proposta de cobrança de uma taxa audiovisual do Governo for para a frente, a RTP e o Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA) podem receber mais de dezasseis milhões de euros em financiamento.

Leia o artigo completo no TRENDY.