Vários sites noticiosos americanos foram “invadidos” por pornografia

Sites noticiosos como o "The Washington Post", "New York Magazine" e "Huffington Post" ficaram com vídeos pornográficos em algumas notícias, por terem usado vídeos do site Vidme, que fechou em 2017.
HUffpost
Screenshot - Vice

Ontem, foi dado conta na rede social Twitter que sites noticiosos americanos, como o Haffington Post, New York Magazine, The Washington Post, entre outros estavam com vídeos pornográficos a ilustrar algumas notícias. Isto aconteceu porque os responsáveis pelo site de vídeos pornográficos ‘5 Star Porn HD’, compraram o domínio ‘Vidme’, um serviço de alojamento de vídeos que queria ser um concorrente do Youtube, fundado em 2014, que fechou em 2017.

 

Agora quaisquer inclusões de vídeos que apontam para o domínio ‘vid.me’ são redireccionados para o site ‘5 Star Porn HD’.

Não é claro o que causou o redireccionamento, pensa-se que, por erro, todos os vídeos foram substituídos por outros que estão no site de pornografia. Pode também ser um golpe de marketing, visto que, aparentemente, este não é um dos mais populares sites deste tipo.

Entretanto a situação já foi corrigida.