Autoridades Ucranianas encerram armazém de mineração com 3800 PS4

Um invulgar pico de consumo de energia na rede elétrica da região acabou por revelar a existência de um armazém ilegal de mineração de criptomoedas.

Os Serviços Secretos Ucranianos (SSU) descobriram um armazém na cidade de Vinnytsia, que era utilizado para alojar 3800 consolas Sony PlayStation 4, mais de 500 placas gráficas, mais de 50 processadores, entre outros equipamentos, que estavam todos a ser usados para minerar criptomoedas.

O problema nem estava relacionado com a finalidade, já que na Ucrânia a mineração de criptomoedas não é proibida, mas os responsáveis do armazém decidiram ligar ilegalmente o mesmo à rede eléctrica nacional, tendo o mesmo sido descoberto pelas autoridades pelo pico de consumo de energia registado na rede eléctrica.

Até ao momento as autoridades Ucranianas não revelaram mais detalhes sobre o armazém, como qual o tipo de criptomoedas que estava a ser minerada pelas consolas, nem qual será o desfecho deste armazém, bem como do seu recheio.