Ataques semanais de ransomware aumentaram 256% em Portugal; média internacional é de 93%

Segundo a empresa de segurança israelita, o sector da educação (aumento de 347%) é o mais afectado pelos ataques de ransomware.
©Azamat E
©Azamat E

Os mais recentes dados das tendências de ransomware reunidas pelo sistema ThreatCloud da Check Point mostram que, num ano, Portugal teve um aumento de 256% no número médio deste tipo de ataques, por semana.

Este estudo da Check Point revela ainda que, nos últimos seis meses, este aumento foi de 126% e, nos últimos dois, de 70%. Os dados relativos a Portugal ultrapassam em muito os internacionais: aumentos de 93% (doze meses), 41% (seis meses) e 20% (dois meses).

Segundo a empresa de segurança israelita, o sector da educação (aumento de 347%) é o mais afectado pelos ataques de ransomware, que cresceram am todo o mundo devido a dois factores principais: «Elevada rentabilidade dos ataques e maior sofisticação das tácticas».

«O negócio do ransomware está em plena expansão. Estamos a ver surtos globais em todas as grandes geografias, especialmente nos últimos dois meses», conclui Lotem Finkelsteen, head of threat intelligence da Check Point Software.

Exit mobile version