Validação no GPU-Z confirma características das novas GeForce RTX 3050

Uma validação na base de dados do GPU-Z veio confirmar grande parte das características técnicas das futuras GeForce RTX 3050 Ti e RTX 3050.
Nvidia-GPU

A aplicação GPU-Z, da TechPowerUp, é uma das mais completas ferramentas de identificação e monitorização de tudo o que esteja relacionado com placas gráficas, e uma recente validação, que surgiu na sua base de dados, veio confirmar a existência de uma nova placa gráfica para computadores portáteis que a Nvidia ainda não apresentou, tendo a validação provavelmente sido efectuada por algum engenheiro da Clevo, um dos maiores fabricantes de computadores portáteis do mundo.

Trata-se da nova GeForce RTX 3050 Ti, que deverá ser anunciada juntamente com a 11ª geração de processadores Intel Core da série H, apelidados de Tiger Lake-H, prevista para 11 de Maio. Segundo os dados revelados pela validação do GPU-Z, esta nova placa utilizará o GPU GA107 (designação 25AO), com 2560 núcleos CUDA, e utilizará 4GB de memória GDDR6, com um barramento de memória de apenas 128-bit.

Nessa mesma base de dados existem outros modelos equipados com este GPU, nomeadamente a GeForce RTX 3050, bem como outras variantes (Max-Q), que segundo essa mesma base de dados, deverá usar 2048 núcleos CUDA.

Relativamente às capacidades de RayTracing e DLSS, não se sabe ainda das capacidades de nenhum destes modelos, mas estão a ser anunciados para a GeForce RTX 3050 Ti um total de 20 núcleos RT e 80 núcleos Tensor, e 16 núcleos RT e 64 núcleos Tensor para a GeForce RTX 3050.