PlayStation 5 será redesenhada, e utilizará um CPU AMD de 6nm

A Sony prevê, para a segunda metade de 2022, o lançamento de uma PS5 redesenhada, que será mais acessível (de produzir). Mas não se sabe ainda se será mais potente que a actual.
PS5 ©Sony

Segundo uma publicação na página Digitimes, de Taiwan, os fornecedores da Sony já foram informados sobre modificações que serão feitas na PlayStation 5, com vista a tornar a sua produção mais acessível. Um dos fornecedores visados foi a TSMC, responsável pela produção do APU AMD, utilizado na PS5.

Segundo esse artigo, a TSMC irá produzir um APU baseado no actual, mas ligeiramente redesenhado, por forma a tirar partido de um novo processo de fabrico, que será de 6nm, um valor intermédio entre os actuais 7nm, e o processo mais avançado (e dispendioso) que a TSMC dispõe, os 5nm.

Não se sabe, no entanto, se este novo APU introduzirá melhorias técnicas, como maior capacidade de processamento ou de processamento gráfico, uma vez que o controlador gráfico da PS5 é ligeiramente inferior ao utilizado na rival Xbox Series X, com 10.3 Teraflop, face aos 12 Teraflops de processamento gráfico da Xbox.

Exit mobile version