Fontes de alimentação de 1000 W, 850 W ou 500 W: qual a melhor para o seu computador?

Escolher uma fonte de alimentação para o PC pode ser um processo algo complicado. Nós damos-lhe uma ajuda.
Montar PC - Montagem Fonte ATX

Escolher entre uma fonte de alimentação de 500, 850 ou de 1000 W depende em grande parte do PC que quiser ter. A maioria dos PC modernos funcionam bem com uma fonte de alimentação de 500 W, especialmente se tiver um processador AMD Ryzen 7 ou um Intel Core i7 e uma única placa gráfica.

Só necessita de ir além dos 500 W se planeia fazer overclocking, usar um processador, uma placa gráfica mais potente ou acrescentar hardware adicional. No entanto, a melhor fonte de alimentação não é necessariamente a mais potente.

De quanta energia necessita?

A energia fornecida por uma fonte de alimentação é medida em Watts. Uma fonte de alimentação de 500 W consegue entregar uma potência combinada em todos os rails de cerca de 500 watts. Uma fonte de 850 W, consegue fornecer 850 W combinando a potência de todos os rails.

A potência máxima que se consegue encontrar hoje em dia no mercado das fontes de alimentação para computadores chega aos 1800 W. É importante ter em atenção aos valores de potencia sustentada e não dos valores de pico, porque estes últimos apenas estão disponíveis durante curtos espaços de tempo e os primeiros são ideais para um fornecimento estável de energia.

Pode ficar com uma ideia de quanta energia o seu PC necessita com uma vista de olhos aos valores de TDP (Thermal Design Power) de cada componente. Um AMD Ryzen 9 5950X tem um TDP que chega aos 105 W com as configurações de fábrica. Este valor apenas indica o calor que é dissipado, e não o valor total da energia gasta pelo processador.

É importante deixar cerca de 100 W para a motherboard, o que eleva o total para 205 Watts. Se adicionar uma gráfica, como uma GeForce RTX 3060 Ti, que gasta cerca de 200 W, chegamos aos 405 W. Neste caso, uma fonte de 500 W chega, mas pode querer instalar uma de fonte de 750 ou de 850 W para ter espaço para crescer e mesmo assim ter uma fonte mais eficiente.

Outra coisa importante é escolher uma fonte que seja fabricada por uma marca conhecida. Isto é importante porque é o que fornece energia a todos os componentes do seu computador e é a primeira linha de defesa contra picos de corrente e outros problemas que podem danificar o computador.

O que é a certificação 80 Plus

Para ter uma ideia da eficiência de uma fonte de alimentação, é necessário compreender o que é que uma fonte de alimentação faz. A corrente eléctrica que é fornecida pela instalação de sua casa é alternada, o que a torna incompatível com os componentes dentro do computador, que funcionam com corrente contínua. A coisa principal que uma fonte de alimentação faz é converter a corrente alternada para corrente contínua e mantê-la o mais estável possível enquanto o computador estiver a funcionar.

A certificação 80 Plus é usada para determinar a eficiência de uma fonte de alimentação quando está a converter corrente alternada para corrente contínua. Se olhar para a tabela abaixo, pode ver as diferenças entre os vários níveis de certificação das fontes de alimentação. Os preços das fontes aumentam à medida que se passa da certificação 80 Plus Bronze para 80 Plus Platinum.

80 Plus Bronze 80 Plus Silver 80 Plus Gold 80 Plus Platinum 80 Plus Titanium
20%
85% 87% 90% 92% 94%
50%
88% 90% 92% 94% 96%
100%
85% 87% 89% 90% 94%

 

Quando uma fonte de alimentação está a converter corrente alternada para corrente contínua é produzido calor, que onde parte de eficiência se perde. O ponto de equilíbrio para uma fonte de alimentação está entre os 40 e 80% de carga, embora, segundo vários fabricantes, estes valores mudarem de fonte para fonte.

É por isto que uma fonte de alimentação com 500 W continua a ser a mais recomendada. Só agora, com o aparecimento de placas gráficas que consomem mais, como acontece com os topos de gama da série 30 da Nvidia, é que se tornou realmente necessário aumentar a potência para os 600 W, ou um pouco além disso se estiver a pensar em comprar uma RTX 3070, RTX 3080 ou RTX 3090.

As regras principais para escolher uma fonte de alimentação é ter em atenção as necessidades do hardware, estar dentro do orçamento e vir de uma marca conhecida.

Os casos mais comuns

Uma grande maioria de PC necessita apenas de 850 W quando estão na carga máxima. Mesmo com uma gráfica da geração anterior e um processador Ryzen 9 ou Core i9 apenas necessita de cerca de metade deste valor. Para ter a fonte de alimentação mais eficiente, é aconselhável optar por uma de 500 W para chegar aos 80% de carga, a percentagem em que as fontes de alimentação modernas funcionam melhor.