Sony mantém domínio no mercado de sensores para smartphones

Embora o mercado de smartphones tenha diminuído devido à pandemia, a venda de sensores de imagem nunca esteve tão forte. Sony continua a dominar, mas a Samsung diminuiu a distância entre os fabricantes.
Sony IMX685

Segundo uma publicação no portal económico EET Asia, o mercado de sensores para câmaras de smartphones cresceu 13% em 2020, para um lucro recorde de 15 mil milhões de dólares, um resultado invulgar se tivermos em conta que o mercado de smartphones caiu 9% face a 2019, devido ao impacto da pandemia.

Segundo os dados divulgados, a Sony manteve o seu domínio, mas viu a sua quota de mercado de 53% do ano de 2019, diminuir para 46%. Os restantes fabricantes aproveitaram a situação e aumentaram a sua quota de mercado, com a Samsung LSI a crescer para os 29%, a OmniVision para os 10%, e os restantes para 15%.

Esta queda poderá estar relacionada com a situação da Huawei, um dos seus maiores clientes, mas também com o avultado investimento da Samsung LSI no fabrico de sensores de imagem para dispositivos móveis, com a gama IsoCell, com modelos como os populares IsoCell HM1 e HM3 de 108MP, bem como o novo IsoCell GN1 de 50MP, que está a ser utilizado no novo Xiaomi Mi110 Ultra.

Exit mobile version