Hackers à pesca em Portugal: o País é o segundo a nível mundial em ataques de phishing

Em 2020, foram identificadas cerca de 430 milhões de tentativas de phishing.
©Clark Young
©Clark Young

O mais recente relatório da Kaspersky sobre segurança online coloca Portugal no segundo lugar do “pódio” mundial dos ataques de phishing.

Segundo o Spam and Phishing in 2020, o Brasil é o país com mais utilizadores afectados por este tipo de ataque – 19,94%. Logo a seguir está Portugal com 19,73%.

Em 2020, a Kaspersky diz ter identificado cerca de «430 milhões» de tentativas de phishing, um valor explicado pelas mudanças trazidas pela pandemia de COVID-19.

«O ano de 2020 foi marcado pela transição massiva para o teletrabalho e comunicações online. Tudo isto se refletiu nas estatísticas de ataques por spam e phishing em todo o mundo», justifica a empresa de segurança russa.

Ainda assim, os valores dos dois países estão mais baixos que em 2019: nesse ano, Portugal e Brasil estavam com 25 e 29%, respectivamente.