Dashlane reformula aplicação: preenchimento automático passa a usar machine learning

Segundo a empresa, o novo autofill da aplicação reconhece formulários online em «15 milésimos de segundo».

©Dashlane
©Dashlane

O gestor de passwords Dashlane tem uma nova versão, ainda em beta, onde a ferramenta Password Changer aparece agora com uma capacidade de preenchimento automático melhorada com machine learning.

Este novo «mecanismo semântico», que a Dashlane diz ser «exclusivo da empresa» promete a análise de página «mais exacta do mercado» e permite o «preenchimento automático e o login em todos os sites, de forma universal».

O Password Changer permite ainda mudar a password de forma automática em várias contas ao mesmo tempo – a compatibilidade alarga-se a «mais de cem domínios», entre serviços de streaming e redes sociais.

Segundo a empresa, o novo autofill da aplicação reconhece formulários online em «15 milésimos de segundo» – em comparação, a Dashlane diz que, para que uma interação parecer instantânea são necessários «100 milésimos de segundo».

Esta versão beta está disponível como extensão para browsers, iOS e Android. O download pode ser feito aqui.