Missão Perseverance da NASA chega amanhã a Marte com tecnologia meteorológica da Airbus

As tecnologias Airbus são "velhas conheicdas" de Marte: quer a MEDA, quer as antenas HGAS, já estiveram no Planeta Vermelho como parte das missões Curiosity (2012) e Insight (2018).
©Airbus
©Airbus

A sonda Perseverance, que tem como objectivo recolher dados meteorológicos, chega durante o dia de amanhã, 18 de Fevereiro, a Marte. Esta missão da NASA tem tecnologia da Airbus (parceira da Agência Espacial Europeia) – antenas de comunicação de «alta velocidade» e a própria estação meteorológica (MEDA).

Estes dois sistemas fazem parte de um conjunto de sete instrumentos científicos que a sonda vai usar para fazer a análise do ambiente «biológico e geológico» de Marte.

Em relação à MEDA, os sensores conseguem medir a «velocidade e direção do vento, humidade relativa, pressão atmosférica, temperatura do solo e do ar, radiação solar e também propriedades das poeiras suspensas».

Já as antenas serão responsáveis por enviar os dados recolhidos para a Terra, através de um sistema de «alto ganho (HGAS)», criado com base numa «antena de transmissão e recepção de banda X», que permite «comunicações de dados de alta velocidade».

Quer a MEDA, quer as antenas HGAS, já “visitaram” Marte como parte das missões Curiosity (2012) e Insight (2018).