Google reforça aposta nos recursos de educação: Arts&Culture, Meet e Classroom com novidades

Na Classroom, passa a haver um modo offline, para alunos «com conectividade de Internet limitada» e os professores ficam com mais poderes no Meet.
@Google
@Google

Numa altura em que as escolas estão fechadas e os alunos têm aulas pela Internet, a Google adicionou «novas funcionalidades» a vários dos seus recursos para a educação.

Uma das plataformas que ganha um novo gás é a Arts & Culture, que agora tem uma versão dedicada a professores, pais e alunos. Segundo a Google, o novo site tem «planos de aula para download elaborados por especialistas em educação».

Entre os conteúdos de arte, ciência e história do novo portal Learn with Arts & Culture estão matérias sobre dinossauros, pintura, exploração Espacial, documentos do CERN e até mesmo sobre a sonda da NASA que chegou a Marte este mês, a Perseverance.

A G Suite for Education também mudou: agora chama-se Google Workspace for Education e fica disponível em quatro versões, em vez de duas – uma continua a ser gratuita, com as ferramentas de produtividade Docs, Sheets, Slides, Forms Meet e Classroom, por exemplo.

Classroom e Meet dão mais poder aos professores

Precisamente na Classroom, passa a haver um modo offline, para alunos «com conectividade de Internet limitada». Além disso, a Google fala em novas funcionalidades como a «monitorização de envolvimento do aluno», para dar dados sobre o desempenho aos professores; e «melhorias na criação de fotos, anexos e carregamentos para utilizadores em dispositivos móveis».

No Meet, outra das apps do Google Workspace for Education, os professores ficam com mais poder sobre as actividades: existe agora uma opção para «acabar a reunião para todos», novos «controlos de administrador», possibilidade de «silenciar todos os participantes de uma só vez» e decidir se os alunos «podem reactivar o som ou não».

A reacção com emojis e a transcrição de sessões nesta aplicação são outras das novidades do Meet. Todas as novidades podem ser conhecidas com mais detalhe no blog da Google em Portugal.