Browser Edge já tem um gerador de passwords

Depois do Google Chrome, também o browser Edge da Microsoft vai poder gerar e guardar passwords fortes quando for necessário.
Microsoft Edge Chromium
Microsoft

A Microsoft tem planos para lançar várias actualizações de segurança para a versão 88 do seu browser Edge, incluindo um monitor e gerador de passwords.

A versão 88 do Microsoft Edge já está a ser distribuída (para forçar a actualização aceda ao menu do browser com um clique nos três pontos que estão no canto superior direito da janela, clique em ‘Definições’ e depois em ‘Acerca do Edge’, quando chega a este ecrã o browser procurará e instalará quaisquer actualizações que possam existir, inclujindo novas versões do browser), mas, segundo a Microsoft, a funcionalidade de monitorização de passwords ainda pode demorar algum tempo a mostrar resultados reais.

Do ponto de vista do utilizar, a falta de um gerador de passwords complexas colocava o Edge em desvantagem em relação a outros browsers. Por exemplo, o Chrome já oferece esta funcionalidade há mais de um ano. Quando está a usar o Chrome e se inscreve num novo site ou serviço, o browser oferece-se para gerar uma password nova e complexa e gravá-la numa lista no próprio browser para utilização futura. O Edge agora faz o mesmo, gera uma password de acordo com as regras impostas pelo site, guarda-a e sincroniza-a em todos os browsers Edge que use em noutros dispositivos. No entanto, para já, esta funcionalidade ainda não funciona na versão do Edge para dispositivos móveis.

Gerador de passwords
O gerador de passwords do Edge 88. Imagem – Microsoft

O serviço de monitorização de passwords, como o nome indica, funciona em segundo plano e serve para o avisar se qualquer password sua, que esteja gravada na lista interna do browser, apareceu em qualquer lista de passwords divulgada na Internet. No entanto, se usar o gerador de passwords do browser, ou qualquer outro, que gera passwords únicas para cada site e serviço online, a divulgação em principio só afectará o site ou serviço em questão.

A versão 88 do Edge traz também outros melhoramentos de segurança mais discretos, como a possibilidade de gerir as permissões de alguns dispositivos (como webcams e microfones) directamente a partir das definições do browser e independentemente para cada site que utiliza. A gestão de cookies também foi melhorada, permitindo-lhe guardar isoladamente os cookies que são passados pelos sites dos cookies relacionados com publicidade. A Microsoft também importou as definições de bloqueio de publicidade para as janelas de navegação anónima InPrivate. 

Permissoes
O gestor de permissões individuais do Edge 88.

Por fim, a Microsoft acrescentou compatibilidade com SecureDNS. Segundo a Microsoft, o SecureDNS usa uma ligação HTTPS para os acessos aos serviços DNS, protegendo assim as comunicações de modificações ou monitorização por quaisquer atacantes. O Edge utilizará este método automaticamente, se o servidor DNS assim o permitir.

Claro que, para que tudo isto funcione, terá de usar o Edge em conjunto com uma conta Microsoft e estas novidades apenas funcionaram em Windows 7, 8 e 10 ou MacOS (embora o gestor de passwords não funcione neste último).