Spider-Man: Miles Morales

Mike Morales sucede a Peter Parker como Homem-Aranha no primeiro título para a nova PlayStation 5.

Spider Man: Miles Morales para PS5 não é bem uma continuação do jogo de 2018 para PS4, é mais uma aventura separada e com um foco exclusivoem Miles Morales, o herdeiro/companheiro/ajudante de Peter Parker. Este novo jogo é um pouco mais curto e consegue-se completar em menos de dez horas (se fizer apenas a missão principal), mas existem muitas missões secundárias para o manter ocupado durante muito tempo.

Estrear uma nova plataforma
Miles Morales foi o primeiro jogo para PS5 que experimentei e, embora não seja o mais exigente em termos de processamento, principalmente no que toca aos gráficos, inclui algumas das novas funcionalidades que foram anunciadas para esta nova geração, como taxas de actualização altas, ray trace (limitado) e pausas para carregamento praticamente inexistentes, graças ao novo SSD da consola.

O jogo começa com Miles a treinar as técnicas de luta com Peter Parker para aprender a usar os poderes que recebeu depois de ter sido picado por uma aranha radioactiva. Depois, quase como uma revisão da matéria dada, Miles parte numa missão com Peter Parker. A acção propriamente dita, começa depois desta primeira missão no Harlem (Nova Iorque), onde uma empresa está a tentar construir um prédio gigante que vai afectar negativamente na vida do bairro. E, ainda por cima, Peter Parker decide ir de férias, por isso Miles Morales tem mesmo de resolver tudo sozinho na pele de Spider-man.

No entanto, Miles não é só um Spider Man substituto, o fato é diferente e os golpes que usa também são. Um outro aspecto diferenciador que o novo fato introduz é o conceito de energia nos golpes. Em certas alturas os golpes e movimentos especiais incluem energia extra que ajuda a derrotar os inimigos. Tal como no episódio anterior, está presente uma árvore de habilidades que terá de ser preenchida para ajudar Miles a derrotar os vilões da história.

Um clássico renovado
Apesar de ser um jogo clássico de Spider-man, este novo episódio não vive só de pancadaria e de teias de aranha: existem muitos puzzles que têm de ser resolvidos para se conseguir progredir e também novas técnicas para aprender. Um outro aspecto novo é a forma curiosa como Spider-man recebe as missões secundárias, através de uma aplicação que permite aos habitantes de Nova Iorque chamarem o aranhiço quando estão em apuros.


Editora: Insomniac Games

Distribuidora: Sony

Site: insomniac.games

Plataformas: PS4, PS5

Preço: €59,99


Selo PCGuia Excelência