Odoo: uma ferramenta de gestão empresarial open source

Existem várias soluções integradas de gestão empresarial, mas escolher aquela que se adeque ao modelo de negócio, pode nem sempre ser uma tarefa simples. O Odoo pode ser uma solução a analisar.

O Odoo é uma solução de gestão empresarial open source ERP completa, que inclui também CRM. ERP (Enterprise Resource Planning) é um sistema que interliga todos os dados e processos de uma empresa numa única plataforma e o CRM (Customer Relationship Management) faz a parte de gestão dos clientes. A instalação base do Odoo é muito “crua”, porque como é uma solução empresarial estruturada por módulos, a instalação dos mesmos depende das necessidades da empresa, dando liberdade à sua implementação depois da instalação-base. Estamos a falar de módulos como gestão de websites, vendas, operações, ferramentas de produtividade, marketing, recurso humanos, etc. Este é um aspecto que torna o Odoo muito mais acessível que outras soluções que existem no mercado.

Versão comunitária e empresarial
Com o lançamento do Odoo 9, o Odoo SA começou a lançar duas versões: uma comunitária e outra empresarial. A comunitária é gratuita, de código aberto e com suporte principalmente da comunidade Odoo; já a empresarial (cujo preço depende da região), embora também seja de código aberto, requer uma licença com base no número de utilizadores.

O Odoo Enterprise tem mais benefícios: uma interface de utilizador alternativa, melhores funcionalidades em algumas aplicações, suporte do Odoo SA e, talvez o mais crítico de tudo, a migração para as novas versões. Em jeito de comparação, a distribuição Linux Red Hat é gratuita e livre – qualquer pessoa consegue fazer o download. No entanto, o suporte e as actualizações requerem uma licença, que está disponível durante trinta dias para versões trial; porém, num contexto empresarial, essas licenças são pagas. Quem quiser uma versão comunitária, tem o CentOS, uma replica da Red Hat; o mesmo acontece com o Odoo nestas duas versões.

Facilidade de acesso
A instalação do Odoo pode ser feita ‘on premise’, ou seja, em servidores próprios, ou então na nuvem, em servidores do Odoo. Esta última abordagem é, talvez, a mais prática, porque possibilita usar o software imediatamente, bastando inserir o URL no browser e fazer o login. Existe uma maior tranquilidade em situações de risco no backup de dados e na continuidade dos negócios. Mesmo que o objectivo seja instalar o Odoo em servidores próprios, testar online primeiro vai poupar tempo na sua implementação a longo prazo, porque permite testar os módulos e quais as reais necessidades da empresa, antes da instalação.

Qual o melhor sistema operativo para instalar o Odoo?
Embora haja versões do Odoo para Windows e macOS, a instalação no Ubuntu continua a ser favorecida. A equipa de desenvolvimento do Odoo trabalha principalmente com o Ubuntu para correções de bugs e novos lançamentos da plataforma. Pode-se esperar que, na maior parte, o desenvolvimento do Odoo seja otimizado em torno do Ubuntu.

Conclusão
Em Outubro foi lançada a versão 14 do Odoo, com muitas melhorias e características que se diferenciam de outras soluções. Apesar disso, é sempre importante aconselhamento profissional e um dos parceiros Gold em Portugal, que ajuda no processo, é a arxi.pt.