CAT actualiza S42 com protecção de iões de prata: será este o primeiro smartphone «totalmente antibacteriano»?

Depois do S42, o Biomaster vai chegar a outros modelos CAT no final de 2020.
©Bullit Group
©Bullit Group

O S42 da CAT vai chegar em 2021 com uma nova “roupa”. A marca anunciou uma versão deste smartphone com o agente de protecção antibacteriano Biomaster, «testado de acordo com a ISO 22196». Este é um teste que mede o nível de compostos antibacterianos em plásticos e superfícies não porosas.

Com esta aplicação do agente Biomaster (suja base são os iões de prata, tal como acontece nas capas protectoras da 3MK), a CAT diz que o novo S42 é o «primeiro telefone antibacteriano», uma vez que esta camada «inibe o crescimento de micróbios na superfície do telemóvel».

Segundo a CAT, está «comprovado» que o Biomaster «provoca a redução de células bacterianas mais de 80% em quinze minutos e 99,9% em 24 horas». A marca diz ainda que esta combinação com os seus padrões de robustez permite que o S42 possa ler lavado com «sabonetes e água, desinfectantes e até mesmo lixívia».

Depois do S42, o Biomaster vai chegar a outros modelos CAT no final de 2020, confirmou o Bullit Group, dono desta marca. Já este novo modelo do smartphone começa a ser vendido no início do ano, com um preço que deve andar perto da versão actual: 299 euros.

O CAT S42 tem um ecrã HD de 5,5 polegadas protegido com Corning Gorilla Glass 5, 3 GB de memória, 32 GB de armazenamento (expansível por microSD), um processador Mediatek Helio A20 MT 6761D, câmara traseira de 13 MP e uma bateria de 4200 MHz, além de todas as características de protecção e segurança já tradicionais nestes modelos, como as certificações MIL SPEC 810H e IP68.