Empresa do grupo MSI apanhada a vender RTX 3080 ao dobro do preço no Ebay

2020 promete ser um ano para esquecer para fabricantes como a MSI, pelo menos no que toca às suas subsidiárias dos Estados Unidos da América e Reino Unido, relativamente a problemas no desenho dos circuitos de alimentação de algumas motherboards, que felizmente foram corrigidos com os novos modelos, actualmente em comercialização, e com as pressões exercidas ao canal TechteamGB, por ter publicado um teste a um computador portátil que não correspondeu às expectativas.

Desta vez a situação não decorreu com a MSI, propriamente dita, mas sim com a Starlit Partner, uma empresa do Grupo Micro-Star International de Tainwan, que foi criada para vender equipamentos recondicionados em lojas criadas para o efeito no Ebay e na Amazon. O problema foi que descobriram que a Starlit Partner esteve a vender placas gráficas GeForce RTX 3080 a 1359 dólares (1155 euros), ao dobro do preço recomendado pela própria MSI.

A situação não seria grave se a Starlit Partner não pertencesse ao grupo MSI, se os produtos vendidos não fossem novos e selados (como pode ver na descrição da venda), e se a própria MSI (como praticamente todos os restantes fabricantes) não estivessem a lidar com uma crise de falta de stock para fazer face à enorme procura das novas placas gráficas da Nvidia.

A MSI EUA já emitiu um comunicado no Twitter a informar que souberam do caso, que a Starlite Partner não deveria ter acesso a (nem a vender) produtos novos, e que o erro não se irá repetir. Informou igualmente que os utilizadores lesados podem devolver os equipamentos, sendo-lhes restituído o valor pago, ou então receberem a diferença do valor que pagaram, tendo em conta o PVP recomendado da placa adquirida.