DicasGuia completo

Como formatar uma drive nova com o Windows 10

Se comprou uma nova drive para o seu computador, é essencial que a formate como deve ser para conseguir tirar o máximo partido dela com o Windows. Vejamos como.

DiscoUnsplash

Quando se liga uma drive nova (interna ou externa) num computador com Windows 10, vale pena perder algum tempo a formatá-la antes de a começar a usar. As razões para isto são várias: certificar-se de que a drive está vazia, está a funcionar como deve ser e se está livre de vírus ou outro malware.

Ao formatar uma nova drive também está limitar quaisquer problemas de compatibilidade que possam surgir no futuro.

Sempre que uma drive é formatada, todos os dados que lá estão são apagados, porque, durante esse processo, a tabela que guarda a lista de sectores que estão ocupados e livres com os ficheiros é reescrita. De seguida o programa de formatação vai definir a área da drive onde os ficheiros são guardados e o sistema de ficheiros que será utilizado (NTFS, FAT32 ou exFAT) para organizar a informação.

Depois de uma formatação rápida, os dados que estavam anteriormente no disco continuam lá, mas a área física no disco está dada como livre.

O Windows 10 oferece várias formas de formatar drives, mas a utilização da aplicação ‘Gestão de discos’ talvez seja a que está ao alcance da maioria dos utilizadores, por ser a que dá mais pistas visuais durante o processo.

Neste guia vamos mostrar-lhe os passos para formatar uma drive (mecânica ou SSD) no Windows 10, quer já tenha dados ou que nunca foi usada.

Como criar e formatar uma partição com a aplicação ‘Gestão de Discos’

Se a drive que ligou no seu computador já tiver sido usada e tiver uma ou mais partições, pode formatá-las para apagar o seu conteúdo e começar do zero.

Para formatar uma partição existente através do programa ‘Gestão de Discos’ siga os passos seguintes:

Clique com o botão direito do rato em cima do botão ‘Iniciar’ no canto inferior esquerdo do ‘Ambiente de Trabalho’ do Windows e escolha a opção ‘Gestão de Discos’ no menu que aparece.

Gestão de Discos 1

Clique com o botão direito do rato em cima da barra que corresponde ao disco que quiser formatar e escolha a opção ‘Formatar’.

Gestão de discos 2

No campo ‘Etiqueta do volume’ insira um novo nome, ou mantenha o que já lá estiver.

No menu ‘Sistema de ficheiros’ pode escolher o sistema que será usado para escrever os ficheiros na unidade. Na imagem pode ver que está em formato exFAT, que é o mais apropriado para unidades como pendrives USB com mais de 4GB de capacidade. Se for um disco rígido, deve usar NTFS porque é o sistema de ficheiros que garante a melhor compatibilidade com o Windows.

No menu ‘Tamanho da unidade de atribuição’ mantenha a opção ‘Predefinição’.

A opção ‘Efectuar uma formatação rápida’ está ligada por defeito. Não a desligue.

Dica: A opção de formatação rápida apaga a drive rapidamente, mas não a verifica à procura de problemas que possa ter. Se desligar a opção ‘Efectuar uma formatação rápida’, será feita uma formatação completa, que apaga completamente os dados da unidade e verifica-a à procura de erros que possam existir. Se optar por este método prepare-se para um longa espera (dependendo do espaço pode chegar a várias horas). Se não souber o estado em que a unidade se encontra a opção por uma formatação completa é mais aconselhada do que uma formatação rápida.

Se a opção de compressão de ficheiros e pastas estiver ligada, desligue-a.

Clique em ‘OK’ para fazer uma formatação rápida. Como este processo apaga todos os dados que estiverem na unidade, o sistema pede-lhe para confirmar.

Gestão de discos 3

Assim que o processo terminar, fica com uma unidade que tem uma partição completamente limpa que pode começar a usar para guardar os seus ficheiros.

Como criar e formatar uma partição usando o programa ‘Gestão de discos’

Se ligou um disco que nunca foi particionado e formatado, ele não aparece no ‘Explorador de ficheiros’ do Windows. Terá de o inicializar, criar uma ou mais partições e depois formatá-lo, antes de o poder usar.

Normalmente nota-se quando uma unidade de disco ou SSD não têm uma partição, porque, depois de ligada, não aparece no ‘Explorador de ficheiros’ e no programa ‘Gestão de discos’ aparece como espaço não utilizado.

Para fazer funcionar um disco completamente novo no Windows 10, siga estes passos:

Clique com o botão direito do rato em cima do botão ‘Iniciar’ no canto inferior esquerdo do ‘Ambiente de Trabalho’ do Windows e escolha a opção ‘Gestão de Discos’ no menu que aparece.

Clique com o botão direito do rato em cima da drive que está com a indica ‘Não inicializado’ e escolha a opção ‘Inicializar’.

Gestão de discos 4

De seguida, terá de escolher o tipo de partição a usar:

Master Boot Record (MBR) para unidades com menos de 2 TB de capacidade.

GUID Partition Table (GPT) para unidades com mais de 2 TB de capacidade.

Clique em ‘OK’.

De seguida clique com o botão direito do rato em cima da área onde diz ‘Não atribuído’. Clique em ‘Novo volume simples’. Clique em ‘Seguinte’.

Aparece uma janela que indica a capacidade máxima da unidade em questão e um campo que lhe permite inserir um valor em MB para o tamanho que será utilizado para o volume. Claro que não poderá ultrapassar a capacidade máxima indicada na primeira linha.

Gestao5

Por defeito, o tamanho seleccionado corresponde à capacidade máxima. Se quiser criar mais do que uma partição ou volume na unidade pode alterá-lo. Quando estiver satisfeito, clique em ‘Seguinte’.

Gestao6

No ecrã seguinte será definida a letra atribuída ao volume que está a criar. Pode usar a que estiver definida, ou escolher outra se quiser. Clique em ‘Seguinte’.

Tal como no tutorial anterior, nesta janela pode escolher o sistema de ficheiros. Mais uma vez, NTFS para discos rígidos e SSD. exFAT para unidades amovíveis que tenham mais de 4GB de espaço.

Pode ainda optar por usar a compressão de ficheiros e pastas para esta unidade. Este sistema, como o nome indica, comprime automaticamente todos os dados que escrever para a unidade. Ganha espaço, mas perde desempenho.

Insira um nome para o volume e clique em ‘Seguinte’.

O último ecrã mostra-lhe um resumo das opções que escolheu. Se estiver satisfeito, clique em ‘Concluir’.

A unidade será formatada seguindo as definições que escolheu.

PCGuia