Terça-feira, 29 de Setembro de 2020
OpiniãoPraia das Maçãs

ARM. Uma (outra) revolução

A adopção de um novo processador para o hardware Apple merece-me alguma atenção.

Actualmente, a plataforma de eleição para desenvolvimento em Mac dá pelo nome de Xcode. Claro que há alguns (poucos), mas nenhum tem a importância deste entre os programadores. Na última transição para Intel, uma das “dores” de crescimento foi a necessária portabilidade do software para a nova arquitectura. Uma das (grandes) vantagens nesta troca de processador é que a mudança para arquitectura ARM é tão simples quanto uma actualização de de uma app dentro do Xcode ou do macOS. O código já existente será facilmente convertido.

E é aqui que começa toda uma magia que se vai desenrolar perante os nossos olhos. Porque todas as App do mundo iPhone e iPad (iOS) vão correr com facilidade nos novos Mac (e isto, não é de somenos, é outra revolução. Não é todos os dias que um processador se estreia num mercado e consegue “herdar”, num instante, uma quantidade impressionante de títulos de software que já existem com milhares de provas dadas num ambiente que não só já é dominado pelo utilizador, mas também já rodado em milhões de devices em todo o mundo. Milhares de títulos de baixo custo, alguns deles verdadeiros campeões na área da produtividade ou de cariz lúdico, “verão a luz” em plataformas dos quais estiveram arredados durante bastante tempo

E isto, meus caros é extremamente apetecível para programadores que até aqui não se entusiasmavam por aí além com o mercado desktop, mas que tendo a app já consolidada em iOS darão o “saltinho” com imensa facilidade e poupança de esforços.

E o meu sonho estará bem mais próximo: o de que a Apple coloque (finalmente) na linha de produtos um híbrido desktop/portátil (touch, evidentemente) onde se possa não apenas correr o que de melhor se faz de software, mas ter hardware modular do qual eu arranque as “peças” que entender para transformar em mobile. É um sonho que acalento faz muito tempo, de quando iOS e iPadOS começaram a convergir, e que me parece cada vez mais perto. Sim, está imenso calor mas não foi nenhum golpe de sol que me causou estas visões.

 

PCGuia