Galaxy Note 20 utilizará o novo Exynos 992

A Samsung está a preparar-se para o lançamento da nova geração do seu Galaxy Note, prevista para Agosto, porém, ao contrário do que aconteceu em anos anteriores, o Galaxy Note 20 não utilizará o mesmo SoC (System-on-a-Chip) que a série Galaxy S20, ou seja, não será utilizado o Exynos 990.

Esta medida deve-se à elevada diferença de desempenho e de eficiência energética registada entre o Exynos 990 e o Qualcomm Snapdragon 865, SoC que foi utilizado somente nos mercados Sul Coreano, Norte-Americano e Chinês. Como tal, a Samsung irá optar pelo novo Exynos 992 para o novo Note 20.

Este SoC irá utilizar um novo processo de fabrico de 6 nm, bem como uma optimização interna que lhe permitirá melhorar significativamente a eficiência energética, bem como aumentar o desempenho, que deverá ser não só superior ao Exynos 990, como do Snapdragon 865 da Qualcomm.

Relativamente ao Galaxy Note 20, os últimos rumores apontam para que este venha equipado com memória RAM até 16 GB, armazenamento de 128 a 512 GB com possibilidade de expansão via cartão MicroSD, baterias entre 4000 e 5000 mAh (dependendo da variante) e ecrãs Super AMOLED de 120 Hz melhorados, abrindo assim a possibilidade de uma tecnologia de ajuste automático da taxa de refrescamento do ecrã, ou simplesmente permitirão a utilização dos 120 Hz à resolução máxima do equipamento (QHD+).