Notícias

Recodme inicia requalificação 20 participantes para o sector da tecnologia

O programa decorre durante cerca de sete meses.

Recodme

O programa de requalificação Recodme para os sectores da inovação e tecnologia não tem custos para os 20 participantes e tem o apoio do programa Medida Vida Activa do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), que lhes atribui também uma bolsa de formação, subsídios de alimentação e de transporte.

Adicionalmente, garante emprego aos formandos que tenham aproveitamento nas empresas parceiras da iniciativa de requalificação – agap2IT, Bee Engineering, KCS iT, Adentis e Decode.

Esta academia de recodificação reúne pessoas com idades compreendidas entre os 19 e os 29 anos, sendo o resultado de perfis identificados e seleccionados pelo IEFP ou das candidaturas recebidas de forma directa pelas empresas organizadoras. O programa decorre durante cerca de sete meses.

A formação inicial tem lugar em sala durante os quatro primeiros meses – sendo seguida de 300 horas em contexto de trabalho numa das cinco entidades parceiras. As formações presenciais têm lugar no espaço Places Cowork em Lisboa.

“Queremos inspirar as pessoas a mostrar o seu potencial, permitindo o acesso a uma formação gratuita de excelência a nível de ambiente, de equipamentos e de conhecimentos formativos. Estão reunidas todas as condições necessárias para que os participantes alcancem o sucesso”, referiu Rebecca Santos, Program Manager do programa Recodme.

PCGuia