DISCO
DicasGuia completo

10 maneiras de libertar espaço em disco no Windows 10

Foto Frank R - Unsplash

Se o disco do seu computador estiver a ficar sem espaço, experimente estes métodos que usam exclusivamente as ferramentas do Windows para o recuperar.

Apesar de hoje em dia os discos rígidos terem mais espaço que nunca, o advento dos SSD, principalmente no mercado dos portáteis, começou a colocar a muitos utilizadores a escolha entre mais capacidade e mais velocidade de acesso aos dados. A falta de espaço pode levar a problemas de desempenho geral e dificuldades em instalar novas versões do Windows 10.

Se o seu dispositivo estiver a ficar sem espaço, seja no disco mecânico, ou no SSD, o Windows 10 inclui várias funcionalidades e opções para libertar espaço, seja apagando ficheiros desnecessários, seja através da passagem de ficheiros para a cloud, de forma a optimizar o espaço que tem disponível e o desempenho do seu computador.

Neste guia vamos mostrar-lhe 10 dicas e tutoriais para libertar espaço precioso no seu computador para que possa guardar conteúdos mais importantes e instalar actualizações sem problemas.


Tabela de conteúdo:

1. Esvaziar a Reciclagem

2. Libertar espaço através do apagamento de ficheiros inúteis com o ‘Sensor de armazenamento’

3. Libertar espaço através da ‘Limpeza de disco’

4. Recuperar espaço em disco tornando os ficheiros do OneDrive disponíveis a pedido

5. Libertar espaço através da remoção de aplicações e jogos

6. Libertar espaço movendo ficheiros, aplicações e jogos para uma drive externa

7. Libertar espaço desligando a funcionalidade de hibernação

8. Libertar espaço através da compressão do sistema de ficheiros

9. Liberte espaço através da compactação da instalação do Windows

10. Liberte espaço apagando utilizadores que tenham estado a partilhar o dispositivo


1. Esvaziar a Reciclagem

Esta é das dicas mais óbvias, mas quando apaga a maioria dos ficheiros eles não logo removidos do disco. Em vez disso são enviados para a Reciclagem, onde ficam para o caso de voltar a precisar deles, ou para os recuperar facilmente se os apagou por engano. Contudo, com o passar do tempo, o tamanho da Recilagem pode aumentar muito, o que vai desperdiçar espaço. Por isso, o primeiro passo é esvaziar a Reciclagem para recuperar espaço na armnazenagem do seu computador.

Para esvaziar a Reciclagem siga estes passos:

No Ambiente de Trabalho, clique com o botão direito do rato em cima do ícone da Reciclagem e escolha a opção ‘Esvaziar Reciclagem’

Esvaziar Reciclagem

De seguida aparece uma janela de confirmação. Clique em ‘Sim’ para apagar todos os ficheiros que estiverem dentro da Reciclagem.

Esvaziar_2

Assim que terminar estes passos todos os ficheiros que estavam guardados na Reciclagem são removidos e o espaço que ocupavam passou a ficar livre.

2. Libertar espaço através do apagamento de ficheiros inúteis com o ‘Sensor de armazenamento’

A funcionalidade ‘Sensor de armazenamento’ do Windows 10 oferece uma forma simples de apagar ficheiros inúteis da drive de sistema ou de outras que estejam ligadas ao seu sistema. Através desta funcionalidade, pode libertar o espaço ocupado por ficheiros de instalação de uma actualização do sistema que já tenha feito ou ficheiros temporários criados por aplicações ou pelo sistema operativo.

Siga estes passos para libertar espaço no disco com ‘Sensor de armazenamento’:

Abra o menu ‘Iniciar’ e clique no ícone da roda dentada para aceder às ‘Definições’.

Clique em ‘Sistema’ e depois em ‘Armazenamento’.

Sensor de Armazenamento

Clique em ‘Configurar o Sensor de Armazenamento ou executá-lo agora’.

Na secção ‘Ficheiros temporários’, ligue a opção ‘Eliminar ficheiros temporários que não estejam a ser utilizados pelas minhas aplicações’.

Sensor de Armazenamento

Use o menu em ‘Eliminar ficheiros na pasta Transferências, caso estejam lá há mais de’ para especificar o espaço de tempo que os ficheiros que descarrega com o browser ficam no disco até serem removidos.

Sensor de armazenamento

Dica: Se necessitar de apagar o máximo de ficheiros, use a opção ‘1 dia’ no menu dos ficheiros temporários. Por outro lado, como a pasta ‘Transferências’ podem conter ficheiros importantes recomenda-se uma cópia de segurança prévia antes de executar o ‘Sensor de armazenamento’.

Na secção ‘Conteúdo na cloud disponível localmente’ use o menu para especificar quanto tempo é que os ficheiros do serviço cloud OneDrive que estão sincronizados com o seu computador se mantêm no disco até ficarem apenas com uma versão na cloud.

Dica: Esta opção faz parte da funcionalidade ‘Ficheiros a pedido’ do serviço OneDrive, que permite o acesso aos seus documentos, imagens, vídeos e outros ficheiros através do ‘Explorador de ficheiros’ do Windows, que dispensa a necessidade de se sincronizarem sempre para o seu dispositivo, reduzindo a utilização de espaço no sistema de armazenagem. Quando o espaço disponível começa a ficar reduzido pode usar esta opção para que os ficheiros fiquem apenas na cloud, só sendo descarregados quando precisa de os usar. Obviamente, para que isto funcione, terá de estar ligado à Internet.

Na secção ‘Libertar espaço agora’, ligue a opção para apagar as versões anteriores do Windows (se estiver disponível). Só aqui pode libertar entre 10 e 20 GB de espaço no disco. Para o fazer clique no botão ‘Limpar agora’.

A funcionalidade ‘Sensor de armazenamento’ também pode ser configurada para ser executada automaticamente e impedir que fique sem espaço sem que dê por isso.

Para o fazer basta usar o interruptor que está na parte de cima da janela ‘Configurar o Sensor de armazenamento ou executá-lo agora’. Defina quando o sensor deve funcionar no menu ‘Executar o Sensor de Armazenamento’.

Quando funcionar automaticamente, o sistema vai usar as configurações que definir para os ficheiros temporários e conteúdos na cloud que estejam disponíveis localmente.

Remover ficheiros temporários com o ‘Sensor de armazenamento’

Através do ‘Sensor de armazenamento’ também pode apagar ficheiros temporários e assim recuperar alguns gigas de espaço no disco.

Siga estes passos:

Abra o menu ‘Iniciar’ e clique no ícone da roda dentada para aceder às ‘Definições’.

Clique em ‘Sistema’ e depois em ‘Armazenamento’.

Sensor de armazenamento

Por baixo de ‘Disco Local (C:)’, clique em ‘Ficheiros temporários’.

Assinale todas as caixas ao lado dos vários itens:

Limpeza do Windows Update

Transferências

Ficheiros de optimização de entrega

Ficheiros de registo de actualização do Windows

Cache do Shader DirectX

Miniaturas

Reciclagem

Ficheiros temporários da Internet

Ficheiros temporários

Relatórios de erros do Windows e diagnósticos de comentários

Ficheiros temporários de instalação do Windows

Dica: Os itens disponíveis variam consoante a instalação do sistema operativo. Não se esqueça de copiar os ficheiros importantes que estejam na pasta de transferências.

Clique no botão ‘Remover ficheiros’ que está no topo da janela.

3. Libertar espaço através da ‘Limpeza de disco’

Apesar de o ‘Sensor de armazenamento’ ter sido criado com o objectivo de substituir a ‘Limpeza de disco’, pode continuar a utilizar esta ferramenta mais antiga para libertar espaço de armazenagem no seu dispositivo.

Aceda ao menu ‘Iniciar’ e escreva ‘Limpeza de disco’ e escolha o primeiro resultado que aparecer.

Limpeza

No menu ‘Unidades’ escolha a que quer limpar (normalmente a C:).

Clique em ‘OK’

Limpeza_2

Clique no botão ‘Limpar ficheiros do sistema’.

Pode escolher os tipos de ficheiro que quiser que o programa apague do disco. Os tipos são essencialmente os mesmos que aparecem no tutorial anterior:

Limpeza do Windows Update

Transferências

Ficheiros de optimização de entrega

Ficheiros de registo de actualização do Windows

Cache do Shader DirectX

Miniaturas

Reciclagem

Ficheiros temporários da Internet

Ficheiros temporários

Relatórios de erros do Windows e diagnósticos de comentários

Ficheiros temporários de instalação do Windows

Nota: Tal como acontece no tutorial anterior, também o que aparece nesta lista vai depender da sua instalação do Windows. Não se esqueça também de copiar os ficheiros importantes que possam estar na pasta Transferências antes de apagar o seu conteúdo.

Clique em ‘OK’ para iniciar o processo de limpeza.

Libertar espaço no disco através do apagamento de ficheiros de restauro de sistema através da ‘Limpeza do disco’

Se estiver a funcionalidade ‘Restauro de Sistema’ pode também eliminar ficheiros mais antigos para libertar espaço no disco. Siga estes passos para o fazer:

Aceda ao menu ‘Iniciar’ e escreva ‘Limpeza do disco’ e escolha o primeiro resultado que aparecer.

No menu ‘Unidades’ escolha a que quer limpar (normalmente a C:) e clique em ‘OK’.

Clique no botão ‘Limpar ficheiros do sistema’.

Volte a escolher a drive C: e clique em ‘OK’.

Clique no botão ‘Limpar’ na secção ‘Restauro de sistema e cópias sombra’.

Limpeza_4

Clique em ‘Eliminar’ para iniciar o processo.

4. Recuperar espaço em disco tornando os ficheiros do OneDrive disponíveis a pedido

Embora possa usar o ‘Sensor de armazenamento’ para manter os ficheiros menos utilizados exclusivamente online, se necessitar de libertar espaço imediatamente, pode colocar qualquer ficheiro em modo “a pedido” manualmente.

Ligar o modo ‘Ficheiros a pedido’

Siga estes passos:

Onedrive

Clique no ícone do OneDrive que está no canto inferior direito da ‘Barra de tarefas’, depois em ‘Mais’ e por fim em ‘Definições’.

Onedrive

Na área ‘Ficheiros a Pedido’, ligue a opção ‘Poupe espaço e transfira ficheiros à medida que os utiliza’ e clique em ‘OK’.

Assim que completar estes passos, poderá começar a funcionalidade de ‘Ficheiros a pedido’ para mover ficheiros para a cloud e assim libertar espaço no disco do seu computador.

Passar ficheiros para a cloud
Para fazer com que os ficheiros que estão no seu computador fiquem a pedido, siga estes passos:

Abra o ‘Explorador de ficheiros’ do Windows, clique em ‘OneDrive’ para abrir a pasta do serviço.

Explorador1

Escolha os ficheiros ou pastas que estiverem a ocupar mais espaço e clique em cima deles com o botão direito do rato.

Explorador2

Escolha a opção ‘Libertar espaço’. Os ficheiros e pastas seleccionados serão apagados do seu disco local, ficando apenas as versões online na cloud que só podem ser usados se tiver uma ligação à Internet.

Para libertar ainda mais espaço, pode passar mais ficheiros e pastas para a pasta OneDrive e voltar a seguir os passos anteriores.

A versão gratuita do OneDrive oferece apenas 5 GB de espaço, pode adquirir uma licença que eleva o espaço disponível para 1 TB.

5. Libertar espaço através da remoção de aplicações e jogos

A remoção de aplicações de que não precise é outra forma de libertar espaço no disco do computador. Os jogos também ocupam muito espaço de armazenagem, o que quer dizer que se mantiver um mínimo de jogos no seu computador reduz significativamente o espaço consumido e até melhora o desempenho geral da máquina.

Siga estes passos para desinstalar aplicações e jogos:

Abra o menu ‘Iniciar’ e clique na roda dentada para abrir as ‘Definições’.

Uninstall

Clique em ‘Aplicações’. Em ‘Aplicações e funcionalidades’ clique em ‘Ordenar por:’ e escolha ‘Tamanho’. Isto permite identificar rapidamente os programas que estão a ocupar mais espaço.

Uninstall2

Escolha a aplicação que quiser remover e depois clique em ‘Desinstalar’.

Remover idiomas não utilizados

A remoção de idiomas que estejam instalados no computador, mas que não use, também é uma forma de libertar espaço no disco:

Abra o menu ‘Iniciar’ e clique na roda dentada para abrir as ‘Definições’.

Idioma

Clique em ‘Hora e Idioma’, na coluna da esquerda, clique em ‘Idioma’.

Idioma2

Escolha o idioma que quiser remover e clique em ‘Remover’. 

Remover mapas offline

Outra forma de libertar espaço é através da remoção de mapas que estejam guardados no seu disco:

Abra o menu ‘Iniciar’ e clique na roda dentada para abrir as ‘Definições’.

Mapas

Clique em ‘Aplicações’ e depois em ‘Mapas offline’ na coluna da esquerda.

Clique em ‘Eliminar todos os mapas’.

Remover funcionalidades opcionais

Se o seu dispositivo tiver funcionalidades opcionais instaladas, como o Windows Media Player, Internet Explorer, etc, que não utilize, pode removê-las para libertar espaço:

Abra o menu ‘Iniciar’ e clique na roda dentada para abrir as ‘Definições’.

Clique em ‘Aplicações’ e depois em ‘Funcionalidades opcionais’.

Funcionalidades

Escolha a que quiser remover e depois clique em ‘Desinstalar’.

6. Libertar espaço movendo ficheiros, aplicações e jogos para uma drive externa

Se mesmo assim estiver com pouco espaço no seu disco, pode ligar uma drive externa para mover para lá os ficheiros que está a usar no momento, ou no futuro. Pode até configurar o Windows para gravar automaticamente os novos ficheiros para essa localização.

Mover os ficheiros locais para uma nova drive

Abra o ‘Explorador de ficheiros’.

Aceda à pasta que contém o conteúdo que quer mover e escolha os itens que quiser.

Clique no separador ‘Base’ no friso e depois em ‘Mover para’.

Mover

Escolha a opção ‘Escolher localização’, escolha a pasta de destino e depois clique no botão ‘Mover’.

Gravar novos ficheiros para outra drive automaticamente

Para configurar o Windows 10 para gravar ficheiros e instalar aplicações numa drive diferente da definida por defeito, faça o seguinte:

Abra o menu ‘Iniciar’ e clique na roda dentada para abrir as ‘Definições’.

Clique em ‘Sistema’ e depois em ‘Armazenamento’. Abaixo da indicação ‘Mais definições de armazenamento’, clique em ‘Alterar onde é guardado o novo conteúdo’.

Alterar

Utilize os diversos menus para escolher a localização para a gravação de novos ficheiros de cada tipo e ainda onde é que são instaladas as novas aplicações e clique em ‘Aplicar’.

Mover aplicações e jogos para uma nova drive

O Windows 10 permite-lhe mover muitas aplicações adquiridas na loja da Microsoft que já estejam instaladas no seu computador para outro dispositivo de armazenamento, o que permite reduzir substancialmente a utilização de espaço na drive principal. Para o fazer, siga estes passos:

Abra o menu ‘Iniciar’ e clique na roda dentada para abrir as ‘Definições’.

Clique em ‘Aplicações’.

Em ‘Aplicações e funcionalidades’ clique em ‘Ordenar por:’ e escolha ‘Tamanho’ para identificar as aplicações que estão a consumir mais espaço.

Mover_App

Clique na aplicação que quiser mover e clique no botão ‘Mover’. Use o menu para escolher a nova localização e clique outra vez em ‘Mover’.

Tem de ter em atenção duas coisas ao usar esta funcionalidade:

Se estiver a mover as aplicações para uma drive externa, não se esqueça de a manter ligada. Porque, se não estiver, não poderá usar o software que moveu.

Apenas algumas aplicações podem ser movidas.

7. Libertar espaço desligando a funcionalidade de hibernação

A funcionalidade de hibernação permite gravar o estado do computador para o disco permitindo desligar o computador e, ao mesmo tempo, preservar a sessão em que se encontra. E, quando voltar a ligar a máquina, começar logo a trabalhar onde interrompeu.

Apesar de ser uma funcionalidade muito útil, a gravação do estado do computador consome muitos gigabytes de espaço no disco, no ficheiro hiberfil.sys.

Se tiver pouco espaço no seu disco, pode desligar a hibernação para arranjar espaço para outras coisas. Siga estes passos:

Linha de comandos

Aceda ao menu ‘Iniciar’. Procure a linha de comandos e escolha a opção ‘Executar como administrador’.

Insira o comando seguinte e prima enter:

powercfg /hibernate off

Se quiser reverter esta alteração no futuro, faça a mesma coisa, mas insira o comando::

powercfg /hibernate

8. Libertar espaço através da compressão do sistema de ficheiros

Para além de todas as dicas acima, pode também usar a funcionalidade de compressão que está incluído no sistema de ficheiros NTFS usado no Windows e que permite um acesso normal aos ficheiros apesar da compressão. Este sistema funciona para ficheiros, pastas ou mesmo uma drive inteira.

Tem de ter em atenção que esta funcionalidade de compressão pode ter algum impacto no desempenho do sistema porque cada vez que acede a um ficheiro ou o escreve no disco, o computador tem de descomprimir e comprimir os conteúdos em tempo real, o que consome recursos. Deve apenas usar esta funcionalidade em máquinas com boas capacidades de processamento ou em casos de necessidade.

Abra o ‘Explorador de ficheiros’ e aceda à pasta onde está o conteúdo que quer comprimir.

Comprimir

Clique com o botão direito do rato em cima da pasta ou ficheiro e escolha a opção ‘Propriedades’. Clique em ‘Avançadas’ e depois ligue a opção ‘Comprimir conteúdo para poupar espaço em disco’. No final clique em ‘OK’ e depois em ‘Aplicar’.

Comprimir2

Se se tratar de uma pasta clique em ‘Aplicar alterações a esta pasta, subpastas e ficheiros’. E depois em ‘OK’.

Se quiser reverter a compressão, siga as instruções acima, mas desligue a opção ‘Comprimir conteúdo para poupar espaço em disco’.

Comprimir uma drive

Para comprimir o conteúdo de uma drive, siga estes passos:

Abra o ‘Explorador de ficheiros’. Clique em ‘Este PC’ na coluna da esquerda.

Na secção ‘Dispositivos e unidades’ clique com o botão direito do rato na drive que quiser comprimir e escolha a opção ‘Propriedades’.

Comprimir3

Ligue a opção ‘Comprimir esta unidade para poupar espaço em disco’.

Dica: Evite usar esta opção na drive C:, onde está o Windows para evitar o impacto no desempenho do computador.

Clique em ‘Aplicar’. 

Comprimir4

Ligue a opção ‘Aplicar as alterações à unidade <LETRA>, subpastas e ficheiros. Clique em ‘OK’ e depois em ‘OK’ outra vez.

Tal como na compressão de pastas e ficheiros, se não necessitar de usar mais a compressão siga as estas instruções, mas desligue a opção ‘Comprimir esta unidade para poupar espaço em disco’.

9. Liberte espaço através da compactação da instalação do Windows

O Windows 10 inclui a ferramenta ‘Compact OS’, que foi desenhada para reduzir o espaço ocupado pela instalação do sistema operativo e aplicações.

Esta funcionalidade foi feita especialmente para dispositivos com espaço de armazenamento muito limitado. Mas pode dar jeito se necessitar de espaço depressa e não tem a opção de usar uma drive externa.

Siga estes passos:

Aviso: Não se esqueça que modificar ficheiros de sistema pode ser perigoso e pode, potencialmente, causar danos na sua instalação do Windows se as alterações não forem bem feitas. Recomendamos fazer primeiro uma cópia de sgurança do Windows antes de continuar.

Aceda ao menu ‘Iniciar’. Procure a linha de comandos e escolha a opção ‘Executar como administrador’.

Insira a linha seguinte e prima enter:

compact.exe /compactOS:always

Este processo vai recuperar cerca de 2 GB de espaço no disco, sem afectar o desempenho significativamente. 

Para reverter esta alteração volte a abrir um alinha de comandos como administrador e insira o comando:

compact.exe /compactOS:never

10. Liberte espaço apagando utilizadores que tenham estado a partilhar o dispositivo

Cada utilizador que partilhar o seu computador, que tenha uma conta de utilização, vai ter uma pasta pessoal para guardar os ficheiros. Se essas pessoas já não necessitarem de partilhar a sua máquina, pode apagar essas contas para libertar espaço no disco. Siga estes passos:

Abra o menu ‘Iniciar’ e clique na roda dentada para abrir as ‘Definições’.

Clique em ‘Contas’ e depois em ‘Família e outros utilizadores’ que está na coluna da esquerda.

Escolha a conta que quiser apagar e clique em ‘Remover’.

Clique no botão ‘Eliminar conta e dados’.

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×