MobilidadeReviews

LG G8X ThinQ Dual Screen

A versatilidade do segundo ecrã é o ponto forte deste smartphone.

Classificação

Medições6
Experiência de Utilização9
Preço8

Gostámos

  • Desempenho
  • Versatilidade do segundo ecrã

A rever

  • Dimensões pouco portáteis

Ponto final

7.7Se, enquanto smartphone topo de gama, o LG G8X ThinQ tem poucos argumentos para o convencer, além do excepcional desempenho, com o dual screen, o conjunto torna-se bem mais atraente, pela versatilidade acrescida.

A tecnologia dual screen tem sido a resposta da LG ao aparecimento dos ecrãs dobráveis, sendo esta solução mais simples de implementar, e significativamente mais acessível – o novo LG G8X ThinQ Dual Screen é o mais recente smartphone a receber esta solução. Começando pelo básico, o novo G8X, enquanto smartphone, não difere muito do já conhecido G8S, testado anteriormente, embora tenha recebido algumas alterações, como um ecrã maior e de qualidade superior.

Com 6,4 polegadas, este ecrã, de tecnologia OLED, garante uma qualidade de imagem superior, tendo margens ligeiramente menores que as presentes no G8S. De resto, as características são muito semelhantes: um poderoso processador Qualcomm Snapdragon 855, 6 GB de memória RAM e 128 GB de armazenamento (expansível com cartão MicroSD). Felizmente, com o ecrã maior, a LG decidiu introduzir uma bateria também ela maior (4000 mAh) e também fez alterações nas câmaras: a frontal tem, agora, 32 MP em vez 8. Já na traseira, passam a estar presentes apenas dois sensores – um principal de 12 MP e um secundário de 13, este último dedicado a imagens em formato grande angular (ângulo de 136 graus).

O som continua a ser uma referência, sendo dos poucos smartphones de topo que ainda têm um jack de 3,5 mm, altifalantes estéreo e compatibilidade com áudio de alta resolução (192 kHz a 32 bits). Quanto ao sistema dual screen, a LG aprendeu com as críticas do V50, e optou por criar uma solução em que as características do segundo ecrã são exactamente as mesmas das do ecrã principal: além de ser OLED, tem a mesma dimensão, formato, brilho e resolução.

A moldura do suporte do segundo ecrã foi significativamente reduzida, criando agora um melhor enquadramento entre os dois ecrãs. Vantagens na utilização desta solução? Temos os jogos, onde podemos escolher diferentes tipos de game pad, ou a criação de conteúdos, como documentos e emails, usando o segundo ecrã para um teclado de dimensão mais confortável. Também pode ser usado para multitasking, ou seja, abrir uma aplicação por ecrã e realizar mais tarefas ao mesmo tempo, de forma mais confortável que as actuais soluções de divisão do ecrã do seu smartphone. Não é uma solução perfeita, ou tão atraente como um ecrã dobrável, mas existem muitas vantagens face a um smartphone tradicional. Só é pena o peso adicional, o aumento significativo das dimensões e o maior consumo energético.


Distribuidor: LG

Site: lg.com/pt

Preço: €899,90


Benchmarks

  • 3D Mark Ice Storm Unlimited: 72 860
  • Antutu Benchmark: 415 148
  • PCMark Work 2.0: 9659
  • PCMark Work 2.0 Battery: 926 minutos

Ficha Técnica

Processador: Qualcomm Snapdragon 855 (2,84 GHz + 3 x 2,42 GHz + 4 x 1,78 GHz)
Memória: 6 GB
Armazenamento: 128 GB
Câmaras: 12 MP f/1.8 + 13 MP f/2.4 (traseira); 32 MP f/1.9 (frontal)
Ecrã: 6,4” OLED (2340 x 1080), 403 ppi
Bateria: 4000 mAh
Dimensões: 159,3 x 75,8 x 8,4 mm
Peso: 192 gr

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×