NotíciasSegurança

Sophos: Cinco conselhos de cibersegurança no Dia Europeu da Protecção de Dados

Segundo um estudo realizado pela Sophos, 41% das vítimas de ciberataques sofrem fugas de dados.

No próximo dia 28 de Janeiro celebra-se o Dia Europeu da Protecção de Dados, que procura sensibilizar os cidadãos para a importância da protecção e segurança dos dados pessoais.

Segundo um estudo realizado pela Sophos, 41% das vítimas de ciberataques sofrem fugas de dados. Alinhada com o espírito representativo deste dia, a Sophos recomenda que em 2020 se tenham em conta os cinco seguintes conselhos para manter os dados pessoais a salvo de ciberataques.

1. As palavras-passe são a porta de entrada para todo o tipo de informação confidencial acumulada em cada conta pessoal. As palavras-passe devem ser complexas e fortes, incluir maiúsculas, minúsculas e números, não devendo ainda ser partilhadas por várias contas.

2. É normal que um utilizador acumule dezenas de contas pessoais em diferentes aplicações e websites, dos quais recebe emails constantes. Através do phishing, os cibercriminosos suplantam a identidade de indivíduos ou empresas para aceder à informação confidencial dos utilizadores. Analise os emails recebidos antes de clicar em links.

3. Carregar os dispositivos móveis num posto de carregamento USB público pode expor os seus dados, se o mesmo tiver sido afectado com algum malware. Para fazer frente a este tipo de ameaças, muitos smartphones, tablets e computadores portáteis incluem um modo seguro de carregamento ou acesso a uma tomada USB para evitar a transferência de dados e proteger a ligação.

4. As ligações a redes Wi-Fi abertas são pontos vulneráveis que muitas vezes não contam com garantias de segurança. As ferramentas de spoofing utilizadas pelos cibercriminosos transformam dispositivos maliciosos em pontos Wi-Fi falsos, para que os utilizadores desprevenidos se conectem e exponham os seus dados. É recomendável que não aceda a informação sensível (bancos, compras online) e que não descarregue ficheiros desconhecidos.

5. Os smartphones acumulam uma grande quantidade de dados pessoais. Uma das melhores formas de dificultar a vida aos cibercriminosos é encriptar os dados e proteger o dispositivo através de um antivírus com ferramentas adicionais de segurança, como armazenamento de palavras-passe e um verificador de links e/ou ligações Wi-Fi.

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×