Segunda-feira, 24 de Fevereiro de 2020
PeriféricosReviews

Razer Basilisk Ultimate

Classificação

Funcionalidades9.5
Experiência de utilização9.5
Preço/qualidade9.5

Gostámos

  • Design
  • Funcionalidade
  • Ergonomia

Ponto final

9.5O melhor e mais caro rato da Razer não desilude: seja no design ou nas funcionalidades, o Basilisk comporta-se como um verdadeiro rei das serpentes no seu mundo. É leve, tem um bom grip e um bom equilíbrio de botões disponíveis para o seu corpo.

É uma das tradições da Razer: dar nomes de serpentes aos seus ratos. É o que acontece com os modelos Naga, Mamba, Viper e, agora, com a versão Ultimate do Basilisk, que recebe o nome de uma cobra gigante mitológica, parte do folclore europeu. E, ao mesmo tempo que o basilisco é considerado o rei das serpentes, este Basilisk da Razer também pode ser considerado o ‘rei dos ratos’? Pelo menos, no que à linha destes periféricos desta marca diz respeito, sim. Neste momento, o Ultimate Basilisk é o mais caro da Razer (189,99 euros) e está cheio de funcionalidades que o metem na linha da frente, quando chegar a altura de comprar um rato de gaming novo.

A tecnologia sem fios costuma ser um problema para os gamers, uma vez que a comunicação entre os ratos e o computador tende a ter um mínimo de lag – ora isto, pode ser a diferença entre matar e ser morto num FPS, por exemplo. No Basilisk Ultimate isto parece ter sido minimizado ao máximo pela Razer, devido à presença da tecnologia HyperSpeed Wireless que garante uma rapidez 25% superior a periféricos de outras marcas. É impossível para nós, comprovar esta afirmação, e a verdade é que tínhamos de fazer parte de uma equipa de eSports para chegar ao nível de precisão que é preciso para confirmar isto, mas durante a nossa experiência nada nos leva a crer que a promessa da Razer caiam em saco roto.

Com onze botões programáveis (um deles, do lado esquerdo, que pode ser acedido com uma patilha que pode ser usada, caso o utilizador queira), o Basilisk pode ser personalizado com o software RGB Razer Chroma, como é normal neste tipo de periféricos da Razer. Outra coisa que se pode fazer directamente no rato é aumentar ou diminuir a resolução do sensor (opções-padrão de 800, 1800, 4000, 9000 e 20000 dpi, mas que podem ser modificadas no software da marca). Na parte de baixo, está ainda uma roda que permite ajustar a sensibilidade do scroll.

O Basilisk pode ser ligado a uma Xbox, além de computadores Mac e Windows, e, para isso, conta com um dongle USB, que depois pode ser guardado no interior do rato, quando o quiser transportar; para fazer o carregamento há uma pequena base onde o podemos colocar, embora seja possível usar o cabo USB que vem na caixa – a ligação fica na parte da frente.


Distribuidor: Razer

Site: razer.com

Preço: €189,99


Ficha Técnica

Número de botões programáveis: 11
Resolução do sensor: 20 000 DPI
Iluminação: RGB Razer Chroma
Peso: 107 gramas
Comprimento do cabo: 1,8 m
Ligação: Wireless (2,4 GHz), USB


PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×