portugalcasino.pt

AMD anuncia novo processador Threadripper 3990X com 64 núcleos

AMD Threadripper

A AMD apresentou na edição 2020 da CES, que começou ontem em Las Vegas, novos processadores Threadripper. Mas a estrela da apresentação foi o modelo 3990X, que tem 64 núcleos e 128 threads. Cada núcleo tem uma velocidade base de 2,9 GHz, mas pode chegar aos 4,3 GHz. O novo processador estará disponível a 7 de Fevereiro nos Estados Unidos e vai custar 3990 dólares, cerca de 3567 euros.

Durante a apresentação, a CEO da AMD, Lisa Su, comparou o 3990X ao Intel Xeon Platinum 8280, que custa 10000 dólares, mas só tem 28 núcleos. Mas o que lhe falta em processadores, o Intel tem em cache L3, que chega aos 38,5 MB, enquanto o 3990X só tem 32 MB de memória cache L2. Mas o processador da AMD tem 256 MB de cache L3.

Na mesma apresentação foi mostrada a renderização de um cena em V-Ray do filme Terminator: Dark Fate, que foi completada numa hora e três minutos pelo 3990X, enquanto um sistema com dois processadores Intel Xeon 8280 demorou uma hora e trinta minutos.

Os novos processadores Threadripper estão disponíveis em três versões:

  Núcleos/Threads Velocidade base Velocidade máxima Cache L3 TDP Preço nos EUA
Threadripper 3990X 64/128  2,9 GHz  4,3 GHz  256 MB 280W $3990
Threadripper 3970X   32/64  3,7 GHz  4,5 GHz 128 MB 280W  $1999
Threadripper 3960X   24/48 3,8 GHz  4,5 GHz  128 MB 280W $1399

 

Não esquecendo a mobilidade

A AMD anunciou também dois novos processadores gráficos para dispositivos móveis que devem chegar ao mercado na segunda metade de 2020 que vão completar a gama de GPU móveis de 7nm da empresa. Os Radeon RX 5700M e RX 5600M serão os dois modelos que vão ocupar os lugares cimeiros da gama AMD e foram pensados para competir directamente com os RTX 2060 e RTX 2070 da Nvidia.

Apesar de a empresa não ter divulgado nenhuns dados concretos, se olharmos para os processadores gráficos para desktop equivalentes, o RX 5600M deverá ter 2304 núcleos SP e o 5700M deverá ter 2560.

Depois de roubar primeiro lugar à Intel no mercado dos desktop, a AMD virou agora a sua atenção para o mercado dos computadores portáteis com a apresentação de uma nova série de processadores Ryzen 4000 que têm como objectivo ultrapassar a rival neste mercado muito lucrativo.

A nova gama é composta por 7 modelos Ryzen 4000, baseados nos seus núcleos Zen 2 de 7nm. Os novos processadores estarão disponíveis em duas classes: a U de 15 W para computadores finos e leves e a H de 45 W para computadores para jogos e criação de conteúdos.

O Ryzen 7 4800U é o mais poderoso da classe com menos consumo, tem 8 núcleos e 16 threads. A velocidade base será de 1,8 GHz, mas pode chegar aos 4,2 Ghz. O novo chip terá oito unidades de computação gráfica nos seus núcleos para gráficos Radeon, que são uma versão optimizada dos núcleos Vega em vez de usarem a nova arquitectura RDNA.

AMD Ryzen 4000

Segundo a AMD, um Ryzen 7 com oito unidades de cálculo consegue ultrapassar o desempenho do Ryzen 7 3000 que tem 11 unidades. Os núcleos gráficos do mais recente Ryzen 7 4000 têm mais 59 por cento de desempenho por unidade que os modelos anteriores.


Pode ver a apresentação completa aqui: