ImagemReviews

Panasonic GX800

Classificação

Funcionalidades9
Experiência de utilização8.5
Preço8

Gostámos

  • Boa qualidade de imagem
  • Preço

A rever

  • Sistema Smart TV continua confuso

Ponto final

8.5Elegante, capaz de reproduzir imagens de grande qualidade e um som equilibrado, compatível com as principais normas do mercado, esta GX800 da Panasonic revelou ser uma agradável surpresa, ainda para mais tendo em conta o preço.

É sempre bom voltarmos a receber equipamentos da Panasonic para testes. A marca deixou de ter representação directa em Portugal (agora, só em Espanha) e começa aos poucos a regressar ao mercado nacional com excelentes produtos, como esta TV.

Disponível com versões entre 40 a 65 polegadas, foi o modelo intermédio de 50 que recebemos para teste, tendo este a particularidade de oferecer uma excelente relação preço/qualidade, pouco habitual nas marcas nipónicas.

Recorrendo a um painel do tipo VA com resolução 4K, a qualidade de imagem deste painel é estranhamente boa, sem precisar de qualquer tipo de ajuste nas definições. Isto resulta do eficaz funcionamento do processador de imagem HCX, que garante que a imagem esteja sempre correctamente definida, com as cores a revelarem-se muito naturais e com níveis de saturação adequados, e com um bom contraste, graças à aplicação de um sistema de retroiluminação com gestão local (local dimming).

Este processador tem ainda a vantagem de ser compatível com as principais normas HDR do mercado, como HDR 10, HDR10+, Hybrid Log-Gamma e Dolby Vision. No entanto, isto não significa que a imagem seja perfeita, já que o nível de brilho poderá parecer algo limitado quando visualizados conteúdos HDR e Dolby Vision. Aqui, o recomendável é activar o modo de imagem dinâmico, que intensifica o brilho de forma automática para níveis superiores ao que temos no modo de imagem normal, o ideal em praticamente todas as restantes ocasiões. Em termos de som, há duas colunas estéreo de 10 W cada, que graças à boa caixa-de-ressonância, garantem um som bastante equilibrado. Contudo, só recorrendo a uma solução externa dedicada conseguirá explorar todo o potencial desta televisão, já que é possível tirar partido da tecnologia Dolby Atmos através das ligações presentes.

Por fim temos o sistema operativo proprietário, que nesta versão 4.0 foi bastante melhorado, mas que continua a não oferecer a simplicidade de um WebOS da LG ou Smart Hub (Tizen) da Samsung.


Distribuidor: Panasonic

Site: panasonic.com/pt

Preço: €799


Ficha Técnica

Dimensões: 50 Polegadas
Resolução: 4K (3840 x 2160)
Ligações: 3 x HDMI, 2 x USB, Componente, Ethernet, Wi-Fi
Consumo: 61 W
Sistema operativo: My Home Screen 4.0

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×