NotíciasSegurança

S21sec prevê onda de ataques e burlas digitais na Black Friday

Os especialistas da S21sec alertam para o elevado nível de cibercrime que se prevê para esta data.

Na sexta-feira, dia 29 de Novembro, acontece a Black Friday, um fenómeno tipicamente norte-americano que marca o início de uma temporada de campanhas de marketing e promoções, e que já foi adoptada também em Portugal.

Os especialistas da S21sec alertam para o elevado nível de cibercrime que se prevê para esta data e adoptaram o termo “Attack Friday” para criar uma maior consciencialização nos consumidores no momento de fazerem as suas compras online.

Segundo os indicadores, prevê-se um aumento de aproximadamente 30% no que se refere aos crimes digitais, já que os atacantes vão tentar aproveitar qualquer descuido dos consumidores para instalar malware nos seus dispositivos e roubar informação bancária.

Mais concretamente, os cibercriminosos vão utilizar principalmente técnicas de phishing, enviando e-mails com grandes descontos em nome de empresas e lojas online legítimas.

A S21sec aconselha um especial cuidado com o phishing que é feito através do envio de facturas por um produto que não foi comprado ou que mostram quantias exorbitantes de cobrança.

Recomendações da S21sec para compras online seguras durante a Black Friday

1. Compre através de plataformas seguras e conhecidas

Desconfie das lojas que oferecem produtos quase de borla. Se não está seguro da sua procedência, é melhor evitá-las.

2. Verifica o website antes de pagar

Assegure-se de que o domínio ou URL da loja digital não é suspeito: deve conter o nome exacto da loja sem alterações ou erros de ortografia. Se não coincidir, não faça qualquer compra.

3. Desconfie das mensagens

Evite aceder às ofertas estranhas que conhecidos seus partilham nas redes sociais ou em apps. Utilize o seu critério para decidir se um produto original realmente pode ser oferecido a um preço exageradamente baixo. Perante qualquer dúvida, é melhor procurar essa mesma oferta directamente na página Web oficial da loja.

4. Não difunda a fraude

Não alimente a “bola de neve” partilhando mensagens entre os seus conhecidos sem especificar que se trata de uma burla: o “boca a boca”, inclusive a nível digital, alimenta a proliferação deste tipo de fraude.

5. Evite descuidos nas redes abertas

Se está ligado a uma rede Wi-Fi partilhada, não faça compras online através do smartphone: procure os artigos através das aplicações oficiais das lojas, coloque-os no carrinho de compras e finalize a transacção quando estiver conectado a uma rede segura. Jamais use os seus dados bancários numa rede pública.

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×